Vamos falar, ou melhor, cantar sobre feminismo com essas artistas


Feminismo é um movimento politico e social que tem como ideologia a equidade de direitos entre gêneros, ou seja, busca por uma forma justa e imparcial no tratamento em relação aos gêneros femininos e masculinos.

Apesar do avanço em questões históricas conquistado pelo movimento ainda há muito por fazer para que meninas e mulheres do mundo todo, independente da sua identidade e orientação sexual, sejam ouvidas e respeitadas. A arte é um caminho para a expressão dessa luta e a música tem sido até uma aliada das feministas.

Por isso trouxemos hoje músicas de mulheres que já não tem medo de se declarar feministas e usam suas vozes para inspirar outras tantas.

“22” – Taylor Swift

2012 é ano que Taylor conta que aprendeu mais sobre o feminismo e se percebeu como uma pessoa feminista. No mesmo ano, a loira lançou o álbum “Red”. Apesar de todas as críticas que a cantora recebe não se pode negar que ela fez aumentar a discussão sobre o movimento no mundo pop e inspirou muitas das suas fãs.

“Confident” – Demi Lovato

Um verdadeiro hino que toda mulher pode se identificar a partir do momento que percebe que pode ter tanta força e confiança cantado pela Demi que abraçou para si a luta pelos direitos do universo feminino.

“Dangerous Woman” – Ariana Grande

Ari não tem receio de falar abertamente sobre o que é ser uma mulher no universo artístico, de defender outras mulheres e vive dando lições para quem acha que ainda pode pisar nas conquistas femininas. Inclusive ela sempre rebate com classe as críticas que recebe por expressar abertamente sua sexualidade, como se isso fosse privilégio exclusivo do universo masculino…

“Kill’Em With Kindness” – Selena Gomez

Esqueça as atitudes radicais que são utilizadas para tentar diminuir as ações do movimento feminista. Feminismo não tem nada a ver com ódio e Selena sempre deixou isso bem claro para seus milhões de seguidores.

“Love Myself” – Hailee Steinfeld

Hailee aqui lembra que ninguém precisa querer ser outra pessoa e precisa menos ainda da aprovação alheia, é possível se amar exatamente como você é e é preciso se amar primeiro.

“Salute” – Little Mix

A palavra sororidade nunca esteve tão em alta e ainda bem. Afinal as conquistas das feministas não são exclusivas, são bem vindas para todas e todos. O Little Mix deixa isso bem explícito nas suas letras e na linda amizade que rola entre as integrantes.

“Pobre Tu Alma” – Anahí

Muitas vezes é difícil de lembrar de se colocar acima do outro. Não é preciso odiar ninguém, mas é necessário saber a hora de deixar de lado alguém que lhe faz mal. Feminismo também é sobre isso: amar a si antes, mesmo quando algum homem insiste em te diminuir. Felizmente, Anahí sempre usou sua voz para lembrar suas fãs de que elas são as mais importantes. Nunca se esqueça disso.

“Scars To Your Beautiful” – Alessia Cara

Desde muito cedo meninas são ensinadas a se comparar umas às outras, isso é uma construção social, porém é desnecessária. Nesse hino, Alessia ressalta que todas temos qualidades nas nossas diferenças.

“Sozinha” – Manu Gavassi

Essa linda destaca aqui como é possível se descobrir feliz estando sozinha, feminismo também é sobre isso: descobrir que cada uma pode se bastar e daí se unir a outras garotas e mulheres fortes e independentes.

“That’s My Girl” – Fifth Harmony

Sororidade em primeiro lugar. Não é de hoje que as meninas do 5H busca incentivar suas fãs e com isso fazê-las incentivar ainda outras pessoas. Apoio pode ser tudo para meninas que ainda se sintam desvalorizadas nos seus círculos por crenças que o gênero masculino fez surgir.

 “We Can’t Stop” – Miley Cyrus

Miley cortou o cabelo, falou abertamente sobre sua sexualidade, maconha, álcool e foi duramente criticada. Mas peraí, por quê? Afinal ela estava apenas vivendo diante do público questões que milhares de pessoas lidam pelo mundo todo, todos os dias. E adivinha, ela não vai parar.

“Worth The Fight” – Cimorelli

Nenhuma conquista vem sem luta e as meninas da Cimorelli sabem bem disso. Às vezes é preciso afastar toda a dor para recomeçar, para superar qualquer tipo de discriminação e lembrar que todos somos humanos e vamos errar e acertar sempre. É maravilhoso ter um grupo de garotas assim que sirva de inspiração.

“Ya No” – Dulce Maria

O clipe dessa música retrata um relacionamento abusivo e muitas mulheres se permite continuar numa relação assim por desconhecer os seus direitos ou até por acreditarem que merece passar por isso. Mas é sempre bom lembrar que absolutamente ninguém tem o direito de te fazer menos do que é: poderosa e dona de si.

Vale lembrar que nenhuma mulher simplesmente se apropria do feminismo por conveniência. Com a plataforma gigante que todas essas artistas possuem é maravilhoso ver cada uma delas falando de algo tão importante e fazendo todas nós, suas fãs, pensarem ainda mais sobre o assunto. ♥

Comentários

What's Your Reaction?

HAHA HAHA
1
HAHA
Amei Amei
11
Amei
Triste Triste
2
Triste
Que? Que?
0
Que?
OMG! OMG!
2
OMG!
Aff... Aff...
1
Aff...
Arrasou Arrasou
5
Arrasou

Comments 0

Deixe uma resposta

log in

reset password

Back to
log in
Choose A Format
Personality quiz
Series of questions that intends to reveal something about the personality
Trivia quiz
Series of questions with right and wrong answers that intends to check knowledge
Poll
Voting to make decisions or determine opinions
Story
Formatted Text with Embeds and Visuals
List
The Classic Internet Listicles
Video
Youtube, Vimeo or Vine Embeds
Audio
Soundcloud or Mixcloud Embeds
Image
Photo or GIF