Fale conosco

O que vc está procurando?

Colunas

OMG! Pinte o mundo de vermelho com Taylor Swift

colun

Olá, meu nome é Luiz, tenho 19 anos e a partir de semana que vem sempre na terça-feira, discutiremos aqui o que de mais “OMG” aconteceu durante a semana.
“OMG” pode ser usado em várias situações. Algo que te surpreenda, ou algo que você já esperava… Sempre tratando o que mais bombou durante a semana e todos os seus amigos irão comentar pelos próximos dias.

Começamos relembrando um pouco como começou a nova era da carreira de Taylor Swift . Denominada “Era RED”, a cantora vem obtendo êxitos inimagináveis em sua ainda curta carreira. Go Swift!

Esta semana, em 22 de outubro, tivemos um dos momentos mais esperados do ano, desde um livechat feito por Taylor Swift para lançar o seu novo single e conversar com os fãs sobre seu novo trabalho.

Era 13 de agosto e finalmente conhecíamos “We Are Never Ever Ever Getting Back Together”, o novo single do quarto disco de Taylor Swift intitulado “RED”.
A canção lançada em uma audição exibida mundialmente via internet, logo foi lançada na loja virtual iTunes, alcançando a primeira posição e dando a Swift um recorde: “Never” foi a música a chegar mais rápido em primeiro lugar na história da loja, bastaram apenas 50 minutos para o feito.

Logo depois, “Never” ganhava a sua primeira performance, feita no encerramento do “MTV – Vídeo Music Awards” e eleita por vários sites especializados como a melhor da noite, que teve grandes artistas como: P!nk, Green Day, Demi Lovato e outros.

Repetindo a estratégia usada em seus álbuns anteriores, Swift anuncia um countdown de lançamento para o álbum no iTunes. Nas quatro últimas semanas, tivemos o lançamento de 4 singles promocionais. Um preview era exibido no programa “Good Morning America” sempre na segunda feira enquanto a música era lançada no iTunes no dia seguinte.

“Begin Again” abria os trabalhos e já chegou surpreendendo ao ocupar o primeiro lugar das paradas e ficar por ali nos seis dias que seguiram seu lançamento. Isso fez com que Taylor escolhesse a canção para gravar um novo clipe, que também foi lançado nessa semana.

Uma semana depois, conhecíamos “Red”, a canção que dá nome ao álbum consegue explicar bem o porquê da escolha de Swift ao batizar o disco com esse nome. A canção foi a mais desafiadora – ou não para Swift no iTunes, já que coincidiu com os lançamentos dos novos singles de Ke$ha e Rihanna. Nada que pudesse realmente atrapalhar já que “Red” ficou cinco dias em primeiro lugar no Top10 e é esperada como próximo single do álbum.

“I Knew You Were Trouble” veio em seguida enfrentando de cara a concorrência do novo single da cantora que mais vendeu nos últimos tempos, Adele. Mais uma vez isso não foi um problema para Swift que conseguiu emplacar outra música em primeiro lugar e mais que isso, conseguiu conquistar a simpatia de um público bem maior, seduzido pelo estilo diferente da canção, que inclui até o uso do recurso dubstep.

Fechando o countdown, na semana anterior ao lançamento do álbum, conhecemos a já lendária “State of Grace”. Digo lendária, pois uma versão demo dessa música já circula há um bom tempo na internet e isso sempre despertou a curiosidade dos fãs. Pode-se dizer que não foi nada decepcionante, a canção de alguma forma tem uma pegada meio “Long Live”, dessas que te faz querer sair por aí cantando aos quatro ventos.

As previsões da “Era RED” não poderiam ser melhores e Swift nunca esteve tão ligada ao nosso país como agora, o que já nos leva a acreditar que a “Word Tour” desse álbum passará por aqui.

“RED” vem para nos mostrar antes de tudo, um grande amadurecimento de Taylor Swift, alguém que vimos crescendo frente às câmeras, de uma garota a uma grande mulher (sem deixar seu lado teenager de lado), que com sua ingenuidade e doçura vem conquistando cada vez mais público e deixando sua marca por onde passa.

Tem alguma sugestão de assunto para semana que vem? O que mais você tem comentado com seus amigos quando se encontram?
O campo dos comentários abaixo serve para você nos ajudar a saber o que vocês querem ver por aqui. Podem usar, sem moderação.

Até semana que vem.
Luiz.