Fale conosco

O que vc está procurando?

Destaque

DESABAFO: Elas merecem respeito!

Todos nós já ouvimos falar do movimento feminista, certo? Mas será que a gente entende tudo que está envolvido nisso? Graças a luta desse movimento, as mulheres conquistam mais espaço no mercado de trabalho, por exemplo. Além disso, o feminismo busca a igualdade em todos os aspectos: que as mulheres devem ser tratadas com dignidade, ter voz, poder dizer ‘sim’ ou ‘não’ e serem respeitadas, e ser dona do próprio corpo e não oprimidas como alguém inferior. Mas qual a utilidade desse post em um site sobre artistas teens?

Enquanto Taylor Swift está sorrindo de orelha a orelha com os prêmios recém conquistados no iHeartRadio Music Awards e de quebra sendo feliz com o Calvin Harris, a Miley Cyrus continua colhendo os frutos da era Bangerz e o Fifth Harmony ganhando mais um prêmio e divulgando clipe novo,  deparamos com vários comentários na internet que nos mostram o quanto o feminismo é necessário.

PARTE I:

Taylor Swift e seus ex.

Primeira regra a ser aplicada nesse caso: A vida é dela. E ela sai com ela quiser. Nada mais será dito sobre isso.

“Mas ela escreve as músicas sobre os ex, ewwww”



Qualquer compositor usa de suas próprias experiencias – amorosas na maioria dos casos – para compor. É o principio básico de qualquer forma de arte. Usar suas experiencias pessoais. Pintores usam isso em suas pinturas, ilustradores em seus desenhos, compositores usam isso em suas composições, simples assim. Olha só uma lista de quem compõe sobre relacionamentos atuais e passados:
Adam Levine (Maroon5), Bruno Mars, Chris Brown, Drake, Ed Sheeran, John Mayer, Justin Bieber, Justin Timberlake, Sam Smith…

PARTE II:
Miley Cyrus e seu comportamento
Excentricidades a parte, Miley deu uma declaração que cai como uma luva nesse post.

“Não acho que conseguimos a igualdade ainda. Quero dizer, se os rappers colocam as mãos no meio das pernas o tempo inteiro com mulheres ao redor deles, ninguém fala nada. Mas se eu boto a mão no meio das minhas pernas com um monte de modelos gostosas do lado, eu estou ‘degradando a imagem das mulheres’? Eu sou uma mulher, eu posso ter mulheres ao meu redor! Mas eu espero ser parte dessa evolução [feminismo].”

E o que dizer dessa matéria destacando que Miley conseguiu cobrir o corpo dela, e outra matéria no mesmo site nos convidando de uma forma animada para dar uma espiadinha no corpo exposto do Nick Jonas?

Versus

PARTE III:

Fifth Harmony e suas roupas.
O feminismo destaca que as mulheres são donas do próprio corpo. Isso inclui a liberdade de usar o que você quiser e tiver vontade.
Não é de hoje que as meninas do 5H são chamadas de vulgares e de qualquer outro termo pejorativo com respeito as suas roupas. Enquanto postamos fotos de rapazes de boybands ou cantores solo sem camisa no nosso Facebook, resultando em centenas de comentários elogiando o físico ou pedindo pra mostrar mais, qualquer foto sexy das integrantes do Fifth Harmony resultam em “Vai botar uma roupa”, “Não tem roupa em casa?” ou “Nossa, tá vulgar demais”. NÃO É NOSSO DEVER DECIDIR O QUE É VULGAR OU NÃO PARA OUTRA PESSOA.

“Mas tia, eu prefiro ver o Zac Efron sem camisa do que elas.”
Não é esse o ponto. E sim o motivo que te leva escrever um comentário contra 5 mulheres usando da liberdade que lhe é direito.
O fato do clipe de “Worth It” atrair esses comentários é muito assustador. Toda a história e contexto do clipe foi montado justamente para acabar com esse tipo de pensamento. Inspirado no mundo dos negócios e com referências na tela a bolsa de valores com direito a mensagens de “Mulheres no poder” e “Feminismo é sexy”, todas as integrantes do grupo são chefes, e os rapazes são seus empregados (alguns são secretários, algo muito raro, já que em sua maioria, as mulheres são contratadas para serem secretárias dos homens). Não reparou nisso? Assista de novo:

Finalizando, quando você julga uma mulher pelo que ela veste, pelo que faz, pela forma como age no palco, pelo número de possíveis namorados, você está ajudando a alimentar uma sociedade machista. Feminismo é sobre igualdade, não superioridade. Nós mulheres seremos mais prejudicadas ainda se outras mulheres não perceberem que o machismo pode refletir na nossa vida pessoal, na nossa vida profissional ou amorosa, deixando de ter voz sobre o que queremos ou não fazer. Não são apenas comentários em fotos e vídeo na internet. Ninguém aqui está te obrigando ou pedindo para gostar das músicas ou das cantoras citadas, mas a ideia de igualdade que todas elas passam, é algo que TODOS deveriam aceitar. Entendidos?