Fale conosco

O que vc está procurando?

Filmes

John Green, Nat Wolff e Cara Delevingne falam sobre a entrevista a qual a atriz foi cortada

Essa semana, Cara Delevingne passou por um momento, digamos assim, um pouco chato. A atriz estava em uma entrevista sobre o filme Cidades de Papel para o programa Good Day Sacramento, e ao responder as perguntas brincando com um tom de sarcasmo, os apresentadores a chamaram de irritada e falaram que ela precisava tirar uma soneca. OI? Cara simplesmente respondeu as perguntas feitas, mas antes fazia uma brincadeirinha!

A entrevista se tornou assunto no mundo todo, inclusive John Green e Nat Wolff comentaram sobre a situação da loira.

O escritor John Green escreveu um texto enorme – sério, gigante MESMO – para falar sobre o ocorrido.

“Eu passei mais de um mês com ela em turnê pela Europa e pelos Estados Unidos, e eu assisti várias vezes essa pergunta sendo questionada (se Cara havia lido o livro Cidades de Papel). Cara leu o livro (várias vezes), mas a pergunta é irritante – não apenas porque seu parceiro do filme, Nat Wolff, quase sempre foi questionado quando ele havia lido o livro, enquanto Cara quase sempre foi questionada se havia lido.”

O autor ainda falou que o mundo tem tantos problemas e não tem pra que ficar criticando Cara por responder, da maneira dela, perguntas tão estúpidas.

“Cara, entretanto, se recusa a seguir o roteiro. Ela se recusa a entrar em questões preguiçosas e se recusa a se tornar um autômato para passar longos dias com besteiras. Eu não acho que esse comportamento seja direto ou arrogante. Eu acho isso admirável. Cara Delevingne não exite para alimentar sua narrativa ou seu feed de notícias – e isso é precisamente o porquê dela ser tão interessante.”

Nat Wolff, seu amigo e companheiro do filme, falou sobre o assunto em seu Twitter:

“@NatAndAlex: Eu amo @Caradelevingne. Essas entrevistas são irritantes. Ela trabalhou duro no filme e arrasou como Margo.”

E Cara também não ficou calada. Ela se pronunciou na rede social:

“@Caradelevinge: Algumas pessoas apenas não entendem sarcasmo ou o senso de humor britânico.”

Eles arrasaram ao falar sobre a situação de Cara, que simplesmente não fez nada para ser atacada pelos apresentadores do programa.

Se você quer ler o texto completo de John Green, clique Aqui.