Fale conosco

O que vc está procurando?

Música

Jornal britânico elege Taylor Swift como a mulher mais influente de 2015

“And the haters gonna hate, hate, hate…”

O jornal britânico The Guardian publicou a “MediaGuardian 100”, lista anual que reúne grandes nomes dos cenários político econômico e cultural que ganharam os holofotes durante o ano na Inglaterra.

Na ranking divulgado Taylor Swift ocupa o 8º lugar ficando na melhor posição entre as outras mulheres citadas na lista. Poderosa!

De acordo com o jornal a 8ª colocação da cantora se justifica porque ela tem uma fortuna estimada em US$ 200 milhões, além de ressaltar a luta de Taylor em prol dos direitos autorais de músicos e produtores contra empresas como a Apple e a Spotify.

Confira o texto da publicação:

“No último ano, ela tirou todo seu catálogo do Spotify em protesto ao pagamento que os artistas vêm recebendo. Em julho, ela deu um passo ainda maior, enviando uma carta ao chefe executivo da Apple, Tim Cook, sobre a decisão da companhia em não pagar os produtores, compositores e cantores durante o período de três meses grátis de teste de seu serviço de streaming. Com sucesso, Swift fez a gigante corporação ficar envergonhada e mudar sua cabeça. Não são muitos músicos que teriam cacife para fazer aquilo. Ou, como um de nossos jurados disse, ela sozinha fez a Apple prestar atenção em algo ignorado pelas grandes corporações”

A cantora desbancou nomes como Adele (48º lugar) e Simon Cowell (23º lugar). A primeira posição do ranking é ocupada pelo criador do Facebook, Mark Zuckerberg.

Alguém discorda dos motivos de mais uma lacração de Tay?