Fale conosco

O que vc está procurando?

Destaque

De ‘Garoto Errado’ até ‘Me Beija’: confira a evolução de Manu Gavassi

(Reprodução/Divulgação)

Amém pop nacional, amém Manu Gavassi.

Se você ainda tem a mesma visão da cantora da época de sua primeira música, pode ajustar seus óculos e vir com a gente acompanhar a evolução da gata que só melhora a cada música e a cada clipe. Ela não é mais “Garoto Errado“, ela é diversão, cor, diversidade, pop e muito mais. Se liga só: 

Garoto Errado

Que atire a primeira pedra quem nunca escutou essa música. É o primeiro single e, podemos assim dizer, que foi o clássico da Manu, onde tudo começou. Impossível alguém nunca ter escutado e não ter se identificado com o ‘tipo certo de garoto errado’ na adolescência.

A cantora foi a pioneira do headband no Brasil, sendo a itgirl do momento e a sua marca registrada. A canção é de 2010, época em que Manu lançou seu primeiro álbum, cheio de músicas fofas sobre romance.

Clichê adolescente

Mas não adianta, por mais que você perceba que o @ é meio errado você ainda sim gosta e quer conhecer, estar cada vez mais perto, bem dentro de um clichê adolescente.

A segunda fase da Manu ficou marcada com o single “Clichê Adolescente” e seu álbum com o mesmo nome, com músicas ainda românticas, mas com outras sobre superação, como “Eu Dou Risada“. O público cresceu junto com a cantora e conseguiu se identificar com a evolução do primeiro álbum para esse, que tem uma pegada mais pop e folk.

Camiseta

De cabelo curtinho, com várias blogueiras juntas em um mesmo clipe, usando a camiseta do boy, mas ao mesmo tempo nem aí pra ele: essa é a Manu da era “Camiseta“. É hora de se divertir, levantar a cabeça e fazer da vida ainda mais colorida

A cantora deixou de lado TOTALMENTE a sua era “Clichê Adolescente“, a fase de menininha do pop e se tornou uma mulher. Ela deu início a essa nova fase através do clipe de “Camiseta” e o EP “Vício“, 100% pop e com uma vibe mega divertida.

Hipnose

A música que marca essa fase é “Hipnose“, mas não tem como passar por esse momento sem citar o hino “Muito Muito“, então vamos falar das duas.

Toda loira, a Manu entrou na era “baba, criança cresceu“, lançou o álbum “MANU” com uma capa M A R A V I L H O S A e totalmente diferente dos trabalhos que havia feito anteriormente. Suas músicas misturam romance, com aproveitar a vida até esnobar o boy. O álbum é todo voltado ao pop, os shows cheios de coreografias sensacionais, com looks deslumbrantes, brilhantes e a cara da Manu.

No clipe de “Hipnose‘ ela já chegou chegando nos boyzinhos, com uma cobra e falando “se for maldade, me desculpa, eu não consigo evitar“. Já em “Muito Muito”, ela fala o quanto é boa demais pro rapaz, deixando isso bem claro no trecho “É que eu sou muito muito muito pra você“.

Me Beija

E quem disse que a vida mais colorida não poder ter um @ também? Quem disse que música amorosa não pode ser pop? O último clipe da Manu tem cor, é pop, é fashion, é amor e é diversidade. E também é cheio de referências viu?

A cantora está em uma fase livre, coordenando seus próprios trabalhos, e podendo mostrar o seu modo de pensar através de seu trabalho. É talento que fala?! Nas redes sociais, a cantora mostra que está em um momento bom consigo mesma, é uma inspiração para muitos jovens e mulheres através de suas ações e falas feministas.

MANU PARA PRESIDENTE E MTO BJO NA BOCA!

 

E aí, gostou de ver essa evolução? Chega de clichês adolescentes e vem curtir a vida com Manu Gavassi, bebê :*