EITA! Perseguidor ameaça matar Taylor Swift em show na Austrália

No mundo das celebridades, nem tudo são flores, e Taylor Swift é uma artista que sabe bem disso. A cantora vem recebendo ameaças de morte em vídeos na internet, e já não é a primeira vez. Em janeiro deste ano, um stalker chamado Frank Andrew Hoover ameaçou Taylor e sua família de morte através de e-mails ao seu pai, e na noite de ontem (30/8), um novo stalker chamado Colin Catlin divulgou em sua conta no Instagram diversos vídeos afirmando que irá matar a cantora durante um show de sua turnê na Austrália, que está marcada para outubro. Nos vídeos postados pelo stalker, onde ele marca as palavras “Taylor Swift, Austrália, Donald Trump”, ele afirmou:

“Taylor Nation, não adianta vocês trabalharem para o contrário. A Taylor vai morrer este ano e isso é um fato. Darei minha vida para atirar nela aqui na Austrália, mas tem tantas pessoas envolvidas nisso, que se eu não matar, outro irá. Esse é o plano da nossa máfia, e se eu fosse vocês, já trabalhava no discurso pós morte.”

Não é de hoje que o stalker vem ameaçando Taylor. Em sua conta no Twitter, o homem já enviava mensagens de ódio à cantora em 2016. Enquanto as autoridades não tomam as devidas providências, os vídeos do homem psicopata continuam disponíveis em seu Instagram e os fãs de Taylor levantaram a tag #ProtectTaylorSwift no Twitter para enviar mensagens positivas à cantora. Taylor ainda não se pronunciou sobre o assunto.

 

Erika Kronemberger

Publicitária, estudante de jornalismo, e nas horas vagas, quando não estou maratonando alguma série, falo sobre One Direction no youtube.

Não há comentários ainda

Deixe uma resposta

Copyright ©2019, Febre Teen - Todos os direitos reservados | Inovalize