‘Purl’: Conheça o novo curta da Pixar que trata sobre desigualdade de gênero

O estúdio Pixar está inovando, e não apenas no modelo de seus projetos! Seguindo um padrão bem mais digital, a série “SparksShorts“, nova produção da empresa, é feita com curta-metragens exclusivos para internet, afim de desenvolver novos talentos e criar mais histórias.

E a segunda integrante do projeto é “Purl“. Com aproximadamente 9 minutos de duração, o curta conta a história de um novelo de lã rosa que é contratado para trabalhar em uma multinacional, sendo, no entanto, a única funcionária do sexo feminino presente na empresa. Na tentativa de se adequar ao ambiente, participando de todas as atividades existentes nele, ela decide se “retricotar”, partindo para um modelo de terno e gravata, se passando, então, por um homem.

Imagem: Reprodução/Youtube

O novelo só não contava com a chegada de uma nova mulher na empresa, o que a faz perceber o quanto a mudança ainda incomoda e mostra a absurda desigualdade de gênero nos ambientes trabalhistas (e não apenas neles).

A mensagem final da produção é muito otimista, dando ênfase no fato de a competência de cada um ser levada em conta em uma contratação, não seu gênero, além de ressaltar a harmonia possível e obrigatória dentro de uma empresa. O recado com certeza foi dado: existe espaço para todas as mulheres sim e, inclusive, onde elas quiserem.

Imagem: Reprodução/Instagram

Kristen Lester, escritora e diretora do curta, conta que a criação foi baseada em fatos reais: “Meu primeiro trabalho, eu era como a única mulher na sala, e assim, para fazer a coisa que eu amava, eu meio que me tornei um dos caras. E então eu vim para a Pixar, e comecei a trabalhar em equipes com mulheres pela primeira vez, e isso realmente me fez perceber o quanto do aspecto feminino de mim mesma eu havia enterrado e deixado para trás“.

Novas produções serão lançadas, mensalmente, no canal da Disney Pixar. Confira abaixo o curta “Purl”:

Vitória Oliveira

made of stardust, wishes and magical things.

Não há comentários ainda

Comentários

Seu email não será publicado.