Crítica: ‘Jumanji – Próxima Fase’ é repleto de aventuras, diversão e surpresas!

A sequência de Jumanji: Bem Vindo a Selva, de 2017, foi oficialmente lançada nesta quinta-feira, 16, nos principais cinemas brasileiros. E se no primeiro longa divertiu os fãs do original com Robin Williams, a nova sequência promete conquistar o coração do público.

De forma divertida, a nova aventura entregou a expansão do sucesso dos anos 90. E dessa vez, dois anos desde o Bem Vindo a Selva, Spencer, Martha, Fridge e Bethany estão bem mais preparados, porém, as coisas não acontecem como o esperado.

Ao sentir falta das aventuras vividas dentro do game durante o ensino médio, Spencer tenta consertar o console místico para, mais uma vez, sentir-se um herói na pele do avatar de Bravestone. Apesar do público acreditar que os desafios seriam os mesmos, um grande bug acaba criando novos cenários, forças e fraquezas para os personagens, que desta vez também têm de lidar com a companhia de Eddie, avô de Spencer, e seu amigo de longa data Milo Walker.

Para deixar a situação ainda mais empolgante, os personagens estão mais frágeis e irracionais tendo em conta a maturidade atingida na conclusão do anterior. Seguir a continuação de um remake é arriscado e de princípio, promete não agradar, porém, Jumanji: Próxima Fase confirmou que vale a pena desenvolver uma nova história em cima da antiga.

A ideia de apresentar The Rock incorporando Danny DeVito e até mesmo Kevin Hart interpretando Danny Glover é boa demais para ser verdade e o resultado é extremamente positivo quanto à personalidade que ambos exalam nos papéis. Além disso, Karen Gillan provou ser uma grande atriz versátil e poderosa, mas dessa vez ela não está sozinha, Awkwafina entra no elenco para completar o time de aventureiros.

Em cenas hilárias e surpreendentes por conta da atuação e dinâmica dos atores, a sequência cria outras complicações inesperadas para o desenrolar da aventura. De forma espontânea e tonta por conta da comédia, o longa é diversão garantida.

As piadas específicas das habilidades dos avatares ganham também um destaque no filme, com as listas de forças e fraquezas sendo expandidas, boas doses de humor são exploradas na história. Apesar dos novos desenvolvimentos dos personagens, o avatar de Nick Jonas, deixou a desejar com uma participação menos significante.

Uma das grandes surpresas: é a cena pós-crédito e ninguém melhor do que Gillan para falar sobre isso. A escocesa participou de um evento para imprensa organizado pela Sony em São Paulo.

Encantando à todos pela simpatia e carinho, ela não cansou de elogiar o país, especificamente a comida. Durante a coletiva, ela aproveitou para fazer algumas revelações sobre uma possível continuação.

“Adoraria voltar para mais um filme, fechar uma trilogia ou mais do Jumanji. Nós sentimos uma família quando estamos juntos. E todos têm o mesmo sentimento de querer atuar juntos novamente”, explicou ela.

André Luiz Freitas

EDITOR DE CINEMA/TV - E aí, que tal falarmos sobre música, série e filmes? Me chama lá @andreluizfreitas_

Não há comentários ainda

Comentários

Seu email não será publicado.