Cameron Dallas admite ter sido viciado em álcool, sexo e drogas em novo #ASKCAM

Ex-Magcon e atual modelo da Calvin Klein, Cameron Dallas deixou os holofotes por algum tempo quando o grupo de amigos que tinha Nash Grier, Hayes Grier, Shawn Mendes, etc., se dissolveu e cada um seguiu seu caminho. Assim como Shawn trilhou seu caminho na música, Cameron trilhou sua estrada profissional ao se tornar um dos modelos mais bem cotados no mundo da moda.

No dia 31 de Janeiro de 2020, Dallas retornou ao seu canal no YouTube após 4 meses sem postar nada – o seu último vídeo era de uma apresentação ao vivo que ele fez – e chocou todo mundo ao admitir que era viciado em álcool e sexo, principalmente, mas também em algumas drogas como ecstasy e cocaína. No vídeo intitulado “#ASKCAM – Addiction”, o modelo contou toda sua trajetória de recuperação de seus vícios, ansiedade e reabilitação.

“Internamente eu sabia que tinha um problema, mas eu estava confortável demais escondendo ele para conseguir me tratar.” disse Cameron, no #ASKCAM

Ao postar o vídeo, reacendeu o debate sobre como os artistas e pessoas públicas lidam com a pressão de não serem mais anônimos. Cameron certamente não é o primeiro a admitir ter sido viciado em algumas coisas ou sofrer de depressão e ansiedade, e com toda a certeza não será também o último. Justin Bieber, Selena Gomez, Demi Lovato são só alguns dos nomes que já falaram sobre seus vícios, ansiedade e depressão abertamente e até mesmo foram para a reabilitação. Infelizmente, as vezes essas são as únicas maneiras que eles encontram de liberarem a frustração dentro de si, e se sentirem mais vivos. E não, isso não está certo.

Não é fácil para alguém que está lidando com tanta coisa dentro de si entender o que está acontecendo e conseguir lidar com isso da maneira correta. E mais difícil ainda é admitir que tem algo errado e que precisa de tratamento. No vídeo, Cameron deixa claro que foi duas vezes para a reabilitação, na primeira ele foi forçado e não estava pronto para desistir de seus vícios então quando saiu (mais cedo que o esperado) ele voltou direto para o que estava fazendo.

Nós devemos falar sobre isso sempre. Se você precisa de ajuda para superar seu vício, seja ele qual for, procure um especialista. Se você precisa de ajuda para lidar com depressão, ansiedade, ou outros transtornos, procure um especialista. Você É necessário para o mundo, para a sua família e para amigos. Não desista, qualquer que seja seu vício ou transtorno.

Giovanna Santos

19 anos, estudante de Jornalismo e muito apaixonada pelo que faço. Amo músicas, séries e filmes <3 Insta: @gi_cavalcantii

1 comentário
  1. Triste demais!

    Eu cheguei a tomar muitos remédios e tal, mas o que realmente me livrou foi exercícios, Yoga, acupuntura e Deus.

    Melhorando o sono, muita coisa já se encaixa; também é preciso melhorar a alimentação e se livrar de pensamentos negativos – aí aconselho um psicólogo.

    Enfim, o problema do sono deu uma melhorada depois que adquiri esse produto que ajuda a estimular o relaxamento e tal… é bastante prazeroso

    Eis aqui: bit.ly/2GK9nj8

Comentários

Seu email não será publicado.