Demi Lovato revela detalhes sobre sua recaída e overdose pela primeira vez

    Depois de um longo ano longe dos holofotes, Demi Lovato retornou pronta para um novo recomeço. Se preparando para o lançamento da tão esperada “I Love Me”, Demetria marcou presença no programa norte-americano Ellen DeGeneres Show nesta quinta-feira, 5.

    O momento foi marcado por grandes emoções, onde ela falou pela primeira vez, e em detalhes, sobre a sua overdose em julho de 2018. Durante a conversa, Demi explicou que se manteve sóbria por seis anos e três meses antes do acontecido, ela estava sobrecarregada e vivia uma vida controlada pela sua antiga equipe e de acordo com o tempo, sua infelicidade crescia cada vez mais.

    “Eu tenho que começar isso falando o fato de que fiquei sóbria, pela primeira vez, aos 19 anos. Eu estava em uma idade em que eu não tinha permissão legal para beber. Eu recebi um suporte que precisava na época e adotei a abordagem como uma solução única, que é sobriedade, apenas sobriedade. E então toda a minha equipe adotou essa abordagem e nós a fizemos. E nós corremos com isso, uma luta, e funcionou por um longo tempo.”

    Desde o documentário Simply Complicated, Demi vem falando abertamente sobre a luta contra os transtornos alimentares mas por conta da sobriedade, o seu transtorno alimentar piorou e ela precisou, ainda mais, de alguém ao lado dela.

    A situação piorou cada vez mais com as pessoas verificando quais eram meus pedidos na Starbucks, nos extratos bancários. E pequenas coisas assim me levaram a ser muito, muito infeliz. Minha bulimia ficou muito pior, eu pedi ajuda e não recebi a ajuda que precisava. E então eu estava presa nessa posição infeliz da minha vida. Aqui estou eu, sóbria e pensando: “Estou seis anos sóbrio, mas estou infeliz. Estou ainda mais infeliz do que quando estava bebendo. Por que estou sóbrio?”

    Emocionada, Ellen questionou como era o tratamento da antiga equipe de Demi. De forma sincera, ela explicou a forma em que vinha sendo tratada ao pedir apoio e falou que se sentia abandonada por eles.

    Enviei uma mensagem e estendi a mão para as pessoas que estavam no meu time, e elas responderam com: “Você está sendo muito egoísta. Isso arruinaria as coisas não apenas para você, mas também para nós”. E quando soube disso, meus principais problemas foram o abandono do meu pai biológico quando criança. Ele era viciado, alcoólatra; como se tivéssemos que deixá-lo. E eu tenho lembranças vívidas dele saindo, então, quando eles saíram, eles brincaram totalmente com esse medo, e eu me senti completamente abandonada, então bebi. Naquela noite, fui a uma festa e havia outras coisas lá, e foram apenas três meses antes de terminar no hospital com uma overdose.

    Impressionada, DeGeneres apontou que sempre que Demi aparecia em seus programas, sua equipe sempre se certificava que não haveria açúcar ao seu redor. Durante a turnê Future Now, ela se sentia como uma maquina, devido ao controle ao seu redor por controlada por tantas pessoas ao seu redor.

    Se eu estivesse no meu quarto à noite, eles tirariam o telefone do quarto para que eu não pudesse ligar para o serviço de quarto. Ou, se houvesse frutas no meu quarto, elas as retirariam porque isso era açúcar extra. Não estamos falando de bolos, biscoitos, balas e coisas assim, eram frutas. E por muitos anos, eu nem tive um bolo de aniversário. Eu tinha um bolo de melancia, em que você corta sua melancia na forma de um bolo e coloca chantilly sem gordura por cima e esse era o seu bolo […]. Mas eu realmente queria bolo de aniversário.

    Sem esconder o sorriso, Demi revelou pequenos detalhes sobre o seu último aniversário e o quanto é grata por estar em uma equipe que a ama de verdade.

    “Meu empresário me deu o melhor bolo de aniversário. E passei com Ariana Grande, que é uma das minhas melhores amigas […] Eu me lembro de chorar porque finalmente estava comendo bolo com um empresário que não precisava de nada de mim e que me amava por quem eu sou e apoiava minha jornada.”

    Em seguida, Demi explicou o que levou ela a procurar apoio para se recuperar. Se sentindo pronta para compartilhar sua história, ela se vê como um exemplo e que você é capaz e forte o suficiente para lutar contra os seus medos.

    “Você pode chegar ao outro lado e pode ser acidentado, mas você é um 10 em 10, como não se esqueça. E, contanto que você assuma a responsabilidade, poderá passar por ela e aprender a se amar da maneira que merece ser amado.”

    Demi, que agora está sóbria, continua a espalhar essa mensagem de amor próprio em seu novo single, I Love Me, que será lançada nesta sexta-feira, 6.

    “Eu tive um momento neste sábado em que passei sozinha. Era uma noite de sábado e eu pensava: ‘Sabe, é uma noite de autocuidado’. Vou tomar um banho, fazer uma massagem. E eu só tive esse momento de felicidade depois de me cuidar exatamente onde estava, eu comecei a rir sozinha no meu quarto”, disse a estrela, no início da entrevista. “A frase que ficava se repetindo na minha cabeça era: ‘Você é completamente inteira do seu jeito e, sem ninguém, sem substâncias, sem essa comida, o que seja. Você é boa, garota. E é isso que eu quero que todos saibam. É por isso que a música que eu vou lançar se chama ‘I Love Me’. Tipo, nós somos bons por nós mesmos. Não precisamos de um parceiro, não precisamos de substâncias. Nós somos bons”.

    Ver essa foto no Instagram

    Me, myself, and I… 💋 #ILOVEME OUT TONIGHT!!

    Uma publicação compartilhada por Demi Lovato (@ddlovato) em

    André Luiz Freitas

    EDITOR DE CINEMA/TV - E aí, que tal falarmos sobre música, série e filmes? Me chama lá @andreluizfreitas_

Não há comentários ainda

Comentários

Seu email não será publicado.