Fale conosco

O que vc está procurando?

Demi Lovato

Entenda as referências do clipe de ‘I Love Me’, nova música de Demi Lovato

Demi Lovato provou, mais uma vez, que ela é uma inspiração e que a sua força é algo surpreendente. Após lançar o vídeo impecável de “I Love Me”, seu novo single, os fãs ficaram tão impressionados com o nível de criatividade que se uniram para procurar os significados por trás dessa obra prima.

Os ester eggs presentes no clipe são referências a momentos importantes de seu passado, incluindo os últimos anos perturbadores. Desde o trabalho para silenciar suas vozes internas de autodestruição, e um caminho como a estrela revelação do Disney Channel, Demetria fez com que os lovatics entrassem em nostalgia.

A longa introdução é bem direta e explicativa. De início, Demi está lutando fisicamente com a versão mais sombria de si mesma, e isso é uma explicação clara à sua jornada para se tornar a mulher saudável, forte e confiante que é hoje. Ontem, 5, a cantora explicou para a Ellen DeGenares que chegava a passar horas e horas na academia para manter o “corpo idela”. Além disso, o quarto aparece em um tom escuro e “dark”, como se ela estivesse presa.

Durante esses momentos, ela canta: “Não consigo ver o que sou, só vejo o que não sou / Eu sinto culpa por tudo que eu como / Me curtir é um crime / Me saboto num nível Jedi / Vozes na minha cabeça compõem minha comitiva / Porque eu sou faixa preta quando estou me martirizando”.

Após sair do quarto e se sentir livre para ser quem ela é, Demi surge irradiante e sorridente andando pelas ruas de Nova York. E é agora que entramos, definitivamente, na parte mais emocionante do clipe. Enquanto ela caminha para uma versão mais empoderada de si mesma. Uma mulher surge com duas crianças e elas representam sua mãe, Diana De La Garza, e sua irmã Dallas.

Fãs acreditam que a roupa vermelha, preto e branco usada por por ela ao iniciar o caminho pela sua carreira, seja uma refêrencia ao seu primeiro álbum, o “Don’t Forget”.

No caminho, Demi traz para o enredo referências à Disney, precisamente a éooca de “Camp Rock” e aos irmãos Jonas Brothers. Ao passar pela representação do seu estrelado, ela esbarra com Nick, Joe e Kevin. Em seguida, ela olha para trás, segue no sentido contrário e ri enquanto os três se abraçam e seguem pelas ruas. [Ok, essa doeu muito.]

Já na outra esquina, surge uma mulher, toda de preto e óculos escuros, cercada por seguranças. O vestuário lembra o usado por Demi na turnê “Future Now”, época em que ela revelou sofrer bastante pressão para se manter dentro de um padrão estético imposto, além de outros problemas como ansiedade e transtornos alimentares que pioraram de acordo com os shows.

Se prepara para essa parte do clipe, ela é realmente muito importante e pesada. Em julho de 2018, Demi sofreu uma overdose e ficou entre a vida e a morte e esse assunto não foi deixado de lado. A estrela atravessa a rua em que uma ambulância está estacionada e resgatando uma pessoa em frente á uma casa. Indo em direção a maca, ela gentilmente passa a mão na paciente, como uma forma de oração, enquanto e canta o verso “me pergunto quando me amar será o suficiente”.

Para finalizar, Demi ainda fez uma leve referência a Wilmer Valderrama. O ator foi namorado da cantora por muito tempo, os caminhos dos dois se reencontraram e se separaram várias vezes durante 2010 e 2017. Wilmer, agora noivo de Amanda Pacheco, ajudou Demi durante sua internação por overdose em 2018. Enquanto ela reflete o amor que sente por si mesma, uma noiva e um noivo que se assemelham a Valderrama e Pacheco, passando por ela enquanto ela sorri.