Miley Cyrus reflete e diz qual música é a representação da sua personalidade

Miley Cyrus, infelizmente, encerrou o programa Bright Minded. No último episódio, ela aproveitou para refletir com os fãs sobre suas músicas antigas e explicou que, muito do que ela escreveu no início de sua carreira, ainda tem muito a ver com seus sentimentos atualmente.

No ano passado, ela chegou a fazer uma reflexão sobre a música Scars Robot, ambas presentes no seu álbum Can’t Be Tamed. Agora, a cantora apareceu no “The Tonight Show: At Home Edition”, na última sexta-feira, 3, ela falou com o apresentador Jimmy Fallon sobre seus trabalhos passados e também compartilhou quais músicas são suas favoritas.

Enquanto respondia perguntas dos fãs, a loira explicou que tem pensado em algumas de suas músicas antigas, ultimamente. Além disso, ela também falou que isso vem interferindo um pouco em seus novos lançamentos.

“Eu estava a caminho da Austrália para fazer um show e me dei conta que não tenho música nova, então procurei nos arquivos”, disse ela ao apresentador. “Comecei a cantar como ‘7 Things’ e ‘See You Again’ e ‘Who Owns My Heart’ e ‘Can’t Be Tamed’ e então percebi que a ideia de que eu havia mudado é muito distante”, revelou.

Durante a revelação, muitos fãs ficaram chocados e alguns chegaram a comemorar ao ouvir ela falando sobre os seus sucessos antigos.

“Minha primeira música ‘Can’t Be Tamed’ é como ‘quero voar, quero dirigir, quero ir’, e você sabe que ainda me identifico com músicas como essa”, disse ela. “Quero fazer parte de algo que não sei e se você tentar me segurar, estou prestes a explodir. Essa é uma das minhas músicas favoritas”.

André Luiz Freitas

23 anos, viciado em músicas, séries, filmes e shows! Instagram: @andreluizfreitas_

Não há comentários ainda

Comentários

Seu email não será publicado.