A militância foi longe demais? Internet acusa Hilary Duff de tráfico infantil após publicação de foto do filho

Hoje em dia as pessoas não tem mais limite ao cancelar os outros na internet, e qualquer coisa é motivo de militância. Infelizmente esse termo teve uma mudança de significado ao cair nas mãos erradas de usuários do Twitter que se acham no direito de se intrometer na vida dos outros sem ao menos saber a verdade dos fatos.

O assunto de que Hilary Duff estaria fazendo tráfico sexual infantil do seu próprio filho de oito anos, Luca, veio a tona e se tornou um dos assuntos mais falados na internet nos últimos dias. Em março, a cantora e atriz havia publicado um vídeo nos Stories em que mostrava fotos que tinha revelado para comemorar o aniversário da criança, entre elas estava uma do primogênito pelado e com algo que parecia um creme ou protetor solar no corpo – mas as pessoas juravam que eram fitas.

Uma thread viralizou no Twitter falando sobre Hilary estar fazendo o tráfico do filho e o ex-marido estar lutando pela custódia dele, o que sabemos que é uma loucura até porque eles são bem próximos. Além disso, as pessoas encontraram símbolos desenhados nas fotos e relacionaram a um grupo de pessoas que fazem esse tipo de ato nojento. Oi?

Depois de ver a proporção que uma simples foto causou (apostamos que metade das pessoas que estão lendo isso, têm fotos pelados de quando eram pequenos), a atriz de “Younger” se pronunciou nas redes sociais.

“Todo mundo está entediado pra caramba agora, eu sei… Mas isso é bem nojento, na verdade… Quem quer que tenha sonhado com isso e colocado esse lixo no universo, deveria dar um tempo em sua droga de telefone. Talvez arranjar um hobbie.”

Essa não é a primeira vez que ela se envolve em polêmicas relacionadas aos filhos. Com o nascimento de Banks Violet, sua filha com o atual marido, Hilary foi parar nos Trending Topics ao ter colocado brinco na orelha da criança. As pessoas ficaram chocadas com esse ato por considerar violência – por precisar furar – e até mesmo acharam que ela estava impondo algo a criança ao “forçar” a utilização do brinco. Gente, algumas pessoas realmente precisam se afastar das redes sociais para parar de achar problema onde não tem.

Leticia Annes

Editora do Febre Teen Insta/Twitter: @le_annes

Não há comentários ainda

Comentários

Seu email não será publicado.