Fale conosco

O que vc está procurando?

Música

Ariana Grande desabafa sobre apelido traumático e revela o real motivo de não fazer entrevistas

(Billboard/Miller Mobley)

Os Arianators já estão acostumados a não verem muitas entrevistas da Ariana Grande e isso tem um motivo extremamente sério.

Após lançar a sua nova parceria com o Justin Bieber, “Stuck With U“, a cantora está trabalhando na divulgação da música e para isso está precisando conversar com rádios, programas de televisão etc. Em um recente bate-papo com o Zane Lowe, da Beats One, Ari se abriu sobre um apelido ofensivo que acabou recebendo durante as entrevista e revelou o porquê de ter decidido se limitar quanto a isso.

A multi-talentosa disse que as suas palavras eram tiradas do contexto frequentemente durante entrevistas e as pessoas acabavam a chamando de diva, mas não como uma palavra positiva e sim da maneira errada e negativa.

Para o apresentador, a palavra é forte e sobre energia e força feminina, então ele tentou mostrar o lado positivo dela para que Ariana Grande ficasse melhor em relação a tudo isso.

“Eu realmente espero que o significado seja porque as pessoas têm uma opinião e a sua própria integridade artística. Elas têm algo a dizer. É engraçado que você trouxe isso a tona. Eu parei de fazer entrevistas faz muito tempo porque eu senti que enquanto eu estivesse em uma posição onde alguém tentaria dizer algo por clickbait ou destorcer as minhas palavras, as pessoas ficariam ‘ah ela é uma diva’ e eu ficava ‘isso não faz nenhum sentido.”

Ela e Zane até acabaram mudando o significado de diva durante a entrevista. Na gringa existe uma expressão que chamam quando artistas se comportam como divas intocáveis que é “bad diva energy“, mas o comportamento de Ari eles preferiram chamar de “big diva energy“.

“Espero que seja assim, porque eu tenho uma opinião sobre algo que seja artística ou se estou dirigindo algo, ou se tenho algo a dizer sobre as escolhas que fiz para minha carreira ou algo do tipo. Isso sempre foi manipulado no passado e acabou se tornando em algo negativo, o que não vejo acontecendo com homens.”

Mas a cantora disse que quer esquecer esse trauma porque gosta de conversar com as pessoas, e não é em todas as entrevistas que isso acontece. Ela quer ter a oportunidade de falar o que pensar e mostrar quem realmente é.