Noah Cyrus abre o coração ao falar como sua aparência a afetou: “Eu aprendi a me odiar”

Em divulgação ao seu novo EP, Noah Cyrus vem concedendo inúmeras entrevistas. Nelas, a cantora vem falando abertamente sobre as situações que a inspiraram a escrever seu novo trabalho. Uma delas, é a negatividade sobre sua aparência que a ensinou a se odiar.

“Eles eram tão terríveis comigo na internet, principalmente quanto à minha aparência e a maneira como eu cresci lendo isso. E foi assim o rosto que Deus me deu”, disse Noah à Apple Music. “Fiquei tão triste que as pessoas tinham coisas terríveis para dizer, sobre algo que eu não tinha controle de mudar, algo meu. E isso fez com que eu me sentisse como outras pessoas.. Eu aprendi a me odiar.”, falou.

 

“Então esse é o significado do EP em todos os aspectos, são apenas músicas como ‘Young and Sad’, onde esse EP realmente é apenas o meu pensamento e as minhas batalhas”, continuou ela. “É para tirar isso, por mais negatividade que houver, há um certo ponto positivo no final. E é por isso que se chama ‘O Fim de Tudo’. Porque o fim de tudo traz um certo senso de positividade para mim.”, concluiu.

André Luiz Freitas

23 anos, viciado em músicas, séries, filmes e shows! Instagram: @andreluizfreitas_

Não há comentários ainda

Comentários

Seu email não será publicado.