Após ser acusado de estupro, Justin Bieber publica provas de que denúncias são falsas

Durante a pandemia, uma onda, super justa e importante, de denúncias em relação a assédio sexual estão ocorrendo. Varias pessoas estão finalmente se abrindo sobre coisas que aconteceram no passado. Porém, junto com tudo isso, surgiram também muitas denuncias fakes, o que prejudica, e muito, esse movimento tão relevante.

No ultimo fim de semana, Justin Bieber foi acusado de ter estuprado duas mulheres em duas ocasiões diferentes, e se defendeu de um dos fatos mostrando provas de que não estava no local em que elas falavam.

Tudo começou quando Danielle, que em 2014 tinha 21 anos, contou no Twitter que ela e duas amigas teriam ido a uma festa, onde conheceram Justin e tiraram fotos com ele. Foi quando ele e mais um homem teriam a convidado para ir ao hotel em Austin, Texas, o Four Seasons. O cantor então teria levado a garota para um quarto, onde teria acontecido o estupro. Os dois começaram a se beijar e o cantor a empurrou para a cama, tirando a roupa. Neste momento, ela teria pedido para o cantor parar, mas ele não a obedeceu. Segundo Danielle, Justin tirou as calças e a cueca e fez uma “penetração forçada e sem consentimento”. “O que aconteceu comigo não foi bom”, escreveu a garota.

Após a história toma uma grande proporção, um print de uma suposta conversa de Allison Kaye, empresária de Justin, com uma fã do cantor está circulando na rede. ela defende o Bieber, dizendo que estava com ele na data em que a Danielle o acusa.

“Após o evento em 9 de março de 2014, Justin ficou no Airbnb, onde eu também estava hospedada. Qualquer reserva de hotel que ele tivesse em Austin não começou até a noite seguinte e ele estava no Hotel Westin, não no Four Seasons. Então, isso é factualmente impossível. Lamento ter demorado tanto para responder, mas queríamos ser respeitosos e abordar o assunto com informações reais.”

Justin também se pronunciou sobre as acusações e mostrou fatos e notas fiscais em que provam que as a história é factualmente impossível.

Reprodução/Twitter

“Normalmente não falo sobre muitas coisas, pois lidei com acusações aleatórias durante toda a minha carreira, mas depois de conversar com minha esposa e equipe, decidi falar sobre um assunto hoje à noite”, explicou ele. “Nas últimas 24 horas, apareceu um novo Twitter que contava uma história me envolvendo em um caso de abuso sexual em 9 de março de 2014 em Austin, Texas, no hotel Four Seasons. Eu quero ser claro. Não há verdade nesta história. De fato, como mostrarei em breve, nunca estive presente naquele local”

Em uma série de tuítes, o cantor mostrou que a acusação que Danielle  fez são falsas e que ele não a convidou para ir ao Hotel Four Seasons, onde segundo ela, o astro estava hospedado naquela noite.

“Como na história ela conta, surpreendi uma multidão em Austin no Sxsw, onde apareci no palco com o meu assistente na época e cantei algumas músicas. O que essa pessoa não sabia era que eu participei daquele show com minha então namorada Selena Gomez“, disse Justin, que postou links notícias, fotos de redes sociais e e-mails de recibos de hospedagem, dos dias em que esteve na cidade.

 

Ele disse que não ficou no Hotel Four Seasons, local do suposto estupro, mas que passou a noite de 9 de março de 2014, em um Airbnb, alugado por ele e sua equipe, e 10 de março de 2014, em um hotel da rede Westin. “Todas as alegações de abuso sexual devem ser levadas muito a sério e é por isso que minha resposta foi necessária. No entanto, essa história é factualmente impossível e é por isso que vou trabalhar com o twitter e as autoridades para tomar medidas legais”, finalizou  o cantor.

Uma fã do cantor contesta o relato de Danielle e alega que a história contada por ela é muito semelhanças com uma fanfic chamada “Raped By Justin” (“Estuprada por Justin Bieber”), publicada em novembro de 2015 no site WattPad.

O cantor ainda não se manifestou sobre as acusações de estupro de uma segunda mulher, chamada Kadi.

Daniel Pacônio

Redator do Febre Teen desde 2013 Sempre Fazendo Matérias de Fã para Fã Twitter/Instagram- @danielpaconios

Não há comentários ainda

Comentários

Seu email não será publicado.