Billie Eilish revela que quase se suicidou por mensagens de ódio nas redes sociais

Na manhã desta quinta-feira, 4, a GQ britânica divulgou uma entrevista com Billie Eilish. Na entrevista, a cantora de 18 anos revela ter tido pensamentos suicidas há algum tempo atrás. O motivo foi a pressão e críticas nas redes sociais.

A publicação ressalta que o bullying virtual é um dos maiores perigos atuais enfrentados. E as celebridades, por estarem ‘de frente’ e terem um acesso maior nas redes sociais, acabam precisando enfrentar críticas que, na maior parte das vezes, estão mais para mensagens maldosas e de ataques nas redes sociais.

“É inacreditável. Eu quase me matei por conta de um tuíte há alguns anos atrás”, afirmou.

A matéria confirma que a ocasião que a americana está se referindo aconteceu em um hotel em Berlim, em 2018. Ela disse que ficou horas lendo mensagens horríveis no Twitter. E que aquilo foi como uma sensação venenosa a consumindo.

Essa não é a primeira vez que Billie trata de seu sofrimento por conta das redes sociais. Em fevereiro, ela disse ao programa inglês ‘Breakfast’ que não lê mais comentários sobre si no Twitter ou no Instagram, para que a opinião das outras pessoas não a afete negativamente. Infelizmente, isso a deixa afastada também dos comentários positivos e da troca virtual com os fãs mas foi a única forma para manter a saúde-mental.

André Luiz Freitas

EDITOR DE CINEMA/TV - E aí, que tal falarmos sobre música, série e filmes? Me chama lá @andreluizfreitas_

Não há comentários ainda

Comentários

Seu email não será publicado.