Demi Lovato posta carta aberta sobre privilégio branco: “Isto não é justo”

Vidas negras importam e Demi Lovato é uma das artistas que está usando as suas redes sociais para fazer alertas, incentivar as pessoas a participarem de manifestações e assinarem petições em prol ao #BlackLivesMatters. A cantora está usando a sua voz para incentivar pessoas a fazer o mesmo.

O movimento antirracista começou a ganhar força nos EUA, Europa e no Brasil depois da morte de George Floyd, há uma semana. O homem negro, de 46 anos, foi morto asfixiado por um policial branco, supostamente por ter usado uma nota falsa de US$ 20 para pagar uma compra.

Ontem, 2, a cantora usou seu Instagram para relembrar a história de 24 pessoas negras que foram assassinadas pela polícia nos Estados Unidos, no último ano. “Desarmado. Morto”, escreveu ela na legenda de uma imagem que mostra as fotos de todas as vítimas das tragédias.

Ver essa foto no Instagram

#Repost @nyakio with @get_repost ・・・ HOW ABOUT THIS CHALLENGE??? HOW MANY WILL REPOST SO THE FEED IS FILLED!!! Unarmed. Killed. #BLACKLIVESMATTER TRAYVON MARTIN (Walking home with iced tea and skittles. Shot by George Zinneman, who was found not guilty.) KEITH SCOTT (Sitting in car, reading. Shot by police officer, who was not charged.) ATATIANA JEFFERSON (Looking out her window, shot by police officer, who is still under indictment for murder.) JONATHAN FERRELL (Asking for help after auto accident. Shot twelve times by police, case ended in mistrial.) JORDAN EDWARDS (Riding in a car. Shot in the back of the head by police officer, who was found guilty of murder.) STEPHON CLARK (Holdng a cell phone, Shot 8 times, 6 in the back. Officers not charged.) AMADOU DIALLO (While taking out wallet, officers fired 41 shots by four officers, who were all acquitted.) RENISHA MCBRIDE (Auto accident, knocked on door for help. Homeowner was found guilty of second-degree murder.) TAMIR RICE (Playing with toy gun, shot by police officer arriving on scene. Officer was not charged. SEAN BELL (Hosting a bachelor party, 50 rounds fired by police officers, who were found not guilty of charges.) WALTER SCOTT (Pulled over for brake light, shot in the back by police officer, who pleaded guilty to civil rights violations.) PHILANDO CASTILE (Pulled over in car, told officer he had a legally registered weapon in car. Officer acquitted of all charges.) AIYANA JONES (Sleeping, accidentally shot by officer in a raid on wrong apartment. Officer cleared of all charges.) TERRENCE CRUTCHER (Disabled vehicle, shot by police officer, who was found not guilty of manslaughter.) ALTON STERLING (Selling CDs, shot at close range while being arrested. No charges filed.) FREDDIE GRAY (Beaten to death by officers while being transported in police van. All officers involved were acquitted.) JOHN CRAWFORD (Shopping at WalMart, holding a BB gun on sale, police officer was not charged.) MICHAEL BROWN (Shot by twelve times by officer, including in the back. No charges filed.) JORDAN DAVIS (Killed because he was playing loud music. Shooter found guilty of first-degree murder.) SANDRA BLAND (Pulled over for tra

Uma publicação compartilhada por Demi Lovato (@ddlovato) em

Agora, 3, ela usou as suas redes sociais para fazer um novo alerta sobre as pessoas brancas que se sentem desconfortáveis com o assunto do racismo e permanecem em silêncio. No texto, ela lembrou a eles que o silêncio está machucando aos outros e que nunca é tarde para se educar sobre a causa, ouvir e prestar apoio.

“Para as pessoas brancas assustadas ou desconfortáveis que não estão se manifestando: Isso não é sobre você, MAS ISSO AFETA VOCÊ e estou implorando para que você evite o medo de dizer algo errado ou irritar as pessoas. Nós não chegaremos em lugar nenhum até que nos TENTEMOS. Essa é uma experiência de aprendizado para todos, especialmente para os brancos que estão confusos ou não entendem o quão obscuro e o quão profundos é o tempo que estamos vivendo. Ninguém é perfeito, mas ficam em silêncio machucará os outros, então por favor, pergunte a si mesmo por que você está desconfortável, verifique você mesmo, porque provavelmente há uma razão mais profunda pela qual você escolheria ficar do lado dos opressores, depois se eduque, pare de falar ou publicar conteúdos ignorantes em suas redes sociais por pelo menos uma vez e ESCUTE. Porque agora não é a sua hora de falar. Podemos agir e ajudar, mas as pessoas de cor estão sofrendo e precisamos dar a elas o respeito de ouvi-las, aprender e DEPOIS você pode falar e fazer a sua parte.”, escreveu, Demi.

Ver essa foto no Instagram

Update: I’ve seen all four men are charged now.. finally. Thank God 🙏🏼

Uma publicação compartilhada por Demi Lovato (@ddlovato) em

Em seguida, Demi continuou o post enviando um recado para seus fãs, familiares, colegas de trabalhos negros e a comunidade negra em geral, reconhecendo o seu privilégio branco e dizendo que o usará para mudar as coisas de todas as formas que ela puder e que lutará com eles.

Aos meus amigos negros, familiares, colegas de trabalho, fãs, seguidores ou qualquer pessoa negra que esteja lendo isso: eu te amo. E estou de coração partido por tudo isso. Por tantos anos, os brancos, conscientemente ou inconscientimente, roubaram a sua cultura sem fazer nada para protegê-los. Vocês deram muito e olha onde estamos. Você não pode praticar corrida ou usar um capuz sem medo de ser baleado. Você não pode tomar sorvete na sua sala de estar ou dormir na sua cama sem medo de ser morto pela minha polícia. Você não pode nem protestar pacificamente sem ser atingido por bombas de gás jogadas pelos nossos próprios militares. Eu odeio o meu privilégio branco. Parece nojento… como ter dinheiro no sangue ou algo do tipo. Mas eu vou usá-lo para mudar as coisas em todas as formas que eu puder. Eu realmente me identifico com o ditado: entendo que eu nunca vou entender, mas estou com vocês. E eu sempre estarei. Eu não sei se é certo pedir desculpas, porque simplesmente não é o suficiente, mas eu sinto muito. Eu sinto muito pra car****. Isto não é justo e eu prometo lutar por vocês.”, falou.

André Luiz Freitas

EDITOR DE CINEMA/TV - E aí, que tal falarmos sobre música, série e filmes? Me chama lá @andreluizfreitas_

Não há comentários ainda

Comentários

Seu email não será publicado.