Entenda o real motivo de Colton Haynes ter deixado ‘Teen Wolf’ e ‘Arrow’!

Colton Haynes foi, literalmente, um dos personagens principais no início de Teen Wolf. Na primeira temporada, o ator mostrou o seu potencial. Já na segunda temporada, conseguimos ver um lado obscuro e temido Kanima – uma mutação do gene do lobisomem que não pode se transformar totalmente até que se resolve algo do seu passado.

Se preparando para a terceira temporada, o ator acabou não retornando ao seu personagem em Teen Wolf e logo apareceu em Arrow. Em 2011, Colton foi escalado para viver Roy Harper, o Arsenal na história. Entre as idas e vindas em Arrow, o ator chegou a atuar em American Horror Story: Cult.

Apesar da ótima atuação, os fãs da série do herói notaram que, Haynes teve muitas idas e vindas – algo que não era nada normal e não fazia o mínimo de sentido na história. Na produção da 8ª e última temporada de Arrow, ficou explícito que o motivo de Colton aparecer e desaparecer repentinamente do seriado. Já adiantando, não é um motivo bom. O mesmo aconteceu em Teen Wolf.

Durante uma entrevista ao Entertainment Weekly, Colton deixou a série sobrenatural para precisar urgentemente de cuidados, precisando focar na sua saúde mental. O rapaz disse que considerava esse cuidado mais importante que a sua carreira, principalmente pelo seu passado.

“Eu pedi para ser afastado porque eu precisava cuidar da minha saúde mental. Eu me importava mais com as minha saúde física e mental do que a minha carreira na época. Eu precisava disso.”, explicou.

Durante as gravações de Arrow, Colton chegou a viver tempos difíceis em sua vida pessoal. Apesar do sucesso, o ator chegou a passar por um divórcio com Jeff Leaham, após seis meses de casados. O término não foi algo fácil, Haynes precisou passar por um forte tratamento contra o alcoolismo e abuso de substâncias.

Foto/Instagram

E nesse meio tempo, ele perdeu a mãe, Dana Denise Mitchell. Ela tinha cirrose – uma doença crônica do fígado que se caracteriza por fibrose e formação de nódulos que bloqueiam a circulação sanguínea. No início de 2020, ele perdeu a irmã, Julie. Ela enfrentava uma luta cruel contra o câncer.

André Luiz Freitas

EDITOR DE CINEMA/TV - E aí, que tal falarmos sobre música, série e filmes? Me chama lá @andreluizfreitas_

2 Comentários
  1. Excelente matéria mas o uso do “literalmente” está errado. O vício de uso dessa palavra tem que ser policiado. Se ele era um dos principais atores, isso já é literal, não tem outra interpretação. Espero que corrijam (=

Comentários

Seu email não será publicado.