John Boyega, de ‘Star Wars’, achou que carreira estava arruinada por participar de protesto e recebe apoio de diretores

Nos últimos dias muitos protestos estão acontecendo pelo mundo a fora, depois que George Floyd, homem preto de 41 anos que foi brutalmente assassinado por um policial branco, e muitas estrelas estão super engajadas em lutar pela causa.

Durante uma manifestação em Londrês, Inglaterra, o ator John Boyega, conhecido por interpretar Finn em ‘Star Wars‘, fez um belo discurso a favor do movimento #BlackLivesMatter, onde exclamou: “Olha, eu não sei se vou ter uma carreira depois disso, mas f**a-se.”

Logo, vários diretores começaram a apoiar John, informando que ainda trabalhariam com ele e que apoiariam a causa. Jordan Peele, que dirigiu ‘Corra’ (Get Out), tuittou: “Nós estamos com você, John”, e foi retuitado pelo diretor de “A Forma da Água“, Guillermo del Toro.

Já o diretor e roteirista Edgar Wright postou “Já teve com você e faria novamente, em um piscar de olhos. Estou tão orgulhoso de John hoje.”

“Eu rastejava através de um barril de vidro quebrado para ter John Boyega ao menos olhando para um dos meus roteiros”, acrescentou Charlie Brooker, criador do Black Mirror, em sua conta no Twitter.

#BlackLivesMatter 

Daniel Pacônio

Redator do Febre Teen desde 2013 Sempre Fazendo Matérias de Fã para Fã Twitter/Instagram- @danielpaconios

Não há comentários ainda

Comentários

Seu email não será publicado.