Após ser cancelado por posts antigos, Daniel Seavey, do Why Don’t We, se pronuncia: “Não queria ofender”

Na ultima semana, alguns posts polêmicos de Daniel Seavey em seu Twitter, feitos em 2013, ressurgiram e, mais uma vez, a cultura do cancelamento mostrou que mesmo palavras ditas por um adolescente de 14 anos, a sete anos atrás em que o mundo tinha outro contexto e que as pessoas não tinham uma evolução sobre assuntos sociais como se tem hoje, eles não consideram a evolução dela e tentam cancelar a qualquer custo.

Nos tuítes que levaram Daniel, integrante do ‘Why Don’t We‘, a ser ‘cancelado’, ele usou um temos que não é adequado, que pode ofender pessoas que possuem alguma deficiência mental.

Logo quando soube que o assunto veio a tona, o cantor se pronunciou e pediu desculpas caso ele tenha ofendido alguma pessoa.

Oi de novo, galera.
Eu queria tirar um tempo pra pedir desculpas a todos que eu magoei. Percebi que disse algo exatamente ofensivo e que eu deveria ter me educado para saber o por quê não é certo dizer isso. Eu peço profundas desculpas a cada uma pessoa que eu magoei com minhas palavras. Eu não queria que tal palavra fosse colocada no contexto em que foi. Eu amo todas as pessoas. Qualquer uma. há sete anos essas palavras eram vistas de uma forma diferente pelo mundo e eu era parte disso. Eu não queria ofender ninguém e estou extremamente arrependido de ter dito a palavra com R. Eu prometo ser uma pessoa melhor e que vocês nunca vão ouvir isso de mim outra vez, eu prometo a vocês. Eu agradeço ao suporte de cada um do vocês, mesmo com minhas atitudes. Eu aprecio isso muito. Eu cresci e mudei como individuo desde o ocorrido.

Daniel Pacônio

Redator do Febre Teen desde 2013 Sempre Fazendo Matérias de Fã para Fã Twitter/Instagram- @danielpaconios

Não há comentários ainda

Comentários

Seu email não será publicado.