Ela é militante: 5 vezes que Demi Lovato serviu de exemplo para os fãs

Quando falamos em Demi Lovato, na mesma medida que vemos muitos fãs fervorosos também vemos haters dedicados. A real é que a Demi sempre teve coragem de se expor, mesmo que algumas vezes cometesse erros em declarações públicas.

Mas ninguém pode negar que Lovato também sempre foi engajada em causas importantes ao longo de sua carreira. Por isso, dedicamos esse post a mostrar apenas alguns dos melhores exemplos de Demi, muito além da artista.

1. SAÚDE MENTAL

Demi Lovato ganhou fama mundial em 2008, como estrela da Disney. Em 2010 foi internada em uma clínica por abuso de substâncias, transtorno alimentar e descobriu ser bipolar. Desde criança ela lidava com episódios de depressão.

Essa virada ao contrário de fazê-la desistir de ser cantora, fez com que Demi se tornasse uma das primeiras cantoras da sua geração a falar publicamente sobre saúde mental e tem ajudado a desmistificar esse tema. Além dos documentários sobre sua trajetória pessoal com questões psicológicas, a artista também financiou o tratamento de jovens em busca de reabilitação.

2. APOIO A COMUNIDADE LGBTQIA+

Mesmo antes de se declarar bissexual no documentário ‘Simply Complicated’, lançado em 2017, Demi já contribuía na luta pelos direitos da comunidade LGBTQIA+. Em 2016 Demi foi reconhecida no GLAAD Awards pela visibilidade que dava à causa. No ano seguinte, usou suas redes para se declarar contra uma decisão judicial brasileira que liberava psicólogos a aplicar tratamentos de “reorientação” sexual.

“Pensando em você Brasil, eu espero que essa decisão equivocada seja consertada logo. Eu amo vocês.”

3. IMIGRAÇÃO

Demi Lovato tem ascendência latina e já disse que enquanto crescia não valorizava o suficiente a cultura hispânica e suas raízes. No seu processo de autoconhecimento passou a reconhecer sua descendência e lutar pelos direitos dos latinos em território americano. Demi sempre participa de campanhas pelo voto latino e contra programas de deportação nos Estados Unidos.

4. BLACK LIVES MATTER

O movimento Black Lives Matter voltou a ganhar grande destaque esse ano depois da morte de George Floyd e de protestos pelos mundo contra a brutalidade policial. Desde o início, Demi tem usado seu espaço para destacar ações e vozes de pessoas negras na luta por direitos civis.

“O Instagram pode parecer que voltou ao ‘normal’ (seja lá o que isso significa), mas adivinhe? Vidas negras AINDA importam. Por isso não deixe todo esse progresso ser desperdiçado. Vamos manter o ritmo.”

5. EDUCAÇÃO

Em 2016 Demi fez uma viagem para a África e declarou que aqueles dias por lá mudaram sua vida. Em sua visita ao Quênia, Demi participou do programa “We Movement” e ajudou na construção de escolas locais, além de financiar ações pela educação no país.

Esses são apenas alguns exemplos. É incrível ver alguém com o alcance gigantesco usar suas plataformas para militar ativamente por questões que afetam milhões de pessoas pelo mundo. Go, Demi! 🖤

Cintia Luz Lima

Jornalista - São Paulo, SP

Não há comentários ainda

Comentários

Seu email não será publicado.