Dixie e Charli D’Amelio são questionadas sobre possível proibição do TikTok nos Estados Unidos

A Charli D’Amelio e a Dixie D’Amelio foram questionadas por paparazzis sobre a possível proibição do TikTok nos Estados Unidos.

Há pouco mais de um mês, os usuários da rede social se surpreenderam com o governo americano afirmando que estava cogitando banir o TikTok do país por questões de segurança envolvendo o armazenamento de dados pelo governo chinês. Na época, os responsáveis pelo app se pronunciaram falando que o CEO é americano e a sua base de dados não fica na China, mas parece que isso não adiantou muito.

Na última semana, o presidente afirmou que iria assinar os documentos para banir o app do país no último sábado, 1, o que causou grande preocupação dos fãs de influenciadores que vivem dele, como Charli D’Amelio e Dixie D’Amelio. Nada aconteceu por enquanto e o TikTok continua funcionando normalmente, tanto que os responsáveis por ele disseram que a rede social não irá a lugar nenhum. Boatos afirmam que a Microsoft está tentando comprar o app para evitar problemas futuros.

+ Dixie D’Amelio confirma que está solteira após polêmica com Griffin Johnson

Nesse final de semana, as irmãs foram flagradas no aeroporto de Los Angeles por paparazzis e questionadas sobre o assunto. Parece que Charli e Dixie estão no limbo, já que responderam que não sabem o que vai acontecer já que o TikTok continua funcionando. A cantora de “Be Happy” chegou a publicar um vídeo se despedindo da sua conta secundária na plataforma, mas a maior preocupação das meninas é ter uma rede social para se divertir fazendo o que elas mais gosta, já que trabalhos não estão faltando.

Elas estão trabalhando em um reality show da família, se tornaram os novos rostos da campanha da Hollister, lançaram coleção de make com a Morphe Brushes e tudo mais.

Leticia Annes

Editora do Febre Teen Insta/Twitter: @le_annes

Não há comentários ainda

Comentários

Seu email não será publicado.