EXCLUSIVO: Fletcher fala sobre “The S(EX) Tape”, término de namoro, Day e Carol Biazin

Se tem uma cantora que todo mundo precisa conhecer, é a Fletcher. A americana começou a sua carreira há um bom tempo e até chegou a participar da primeira edição do “The X Factor” americano. Mas os anos passaram e ela descobriu o seu estilo musical, conquistando fãs ao redor do mundo.

Fletcher está prestes a lançar o seu novo EP, o “The S(EX) Tape“, mas já liberou algumas músicas que farão parte da coletânea e que estão bombando, como “If I Hated You” e “Feel“. O Febre Teen conversou com a jovem de 26 anos para falar um pouquinho sobre os seus novos projetos, artistas brasileiros e muitos mais. Confira a entrevista completa com vídeos dos melhores momentos.

Nessa sexta-feira, a cantora lançou “The One“, mas até o momento da entrevista a sua música mais recente era “Feel“. A letra é muito forte e muitos fãs da Fletcher revelaram que se identificaram com ela, até porque fala sobre um término de namoro. A americana nos contou a história por trás dela.

“‘Feel’ é do meu EP chamado ‘The S(EX) Tapes’ que explora meu relacionamento que terminava e voltava, que atualmente está acabado, em que estive nos últimos anos. ‘Feel’ é como um dos estágios de rompimento que nós tivemos. É como um daqueles momentos onde a distração da distração para de funcionar, seus amigos te chamam pra sair e fazer outras coisas, festejar e todas as pessoas parecem vazias, é como aquele momento em que você chora no chão do banheiro. É uma música real, quando tudo parece te atingir de uma vez, quero dizer, é como um daqueles sentimentos que você vive durante um término que machuca mais fundo.”

Um pouquinho antes, ela também havia liberado um clipe incrível para o single “If I Hated You” que é uma sextape com a sua ex namorada. Claro que tivemos que perguntar se ele foi gravado enquanto elas estavam juntas ou se foi feito especialmente para essa canção. Ela foi sincera ao falar sobre o processo e abriu o coração para falar sobre como foi gravar com alguém tão especial.

E sabemos como a indústria e o mundo ainda é machista e sexualizam o relacionamento de duas mulheres. Fletcher, sendo parte da comunidade LGBTQ+, falou sobre como lida com tudo isso e se sentiu que essa sexualização aconteceu ao lançar o clipe de “If I Hated You“. Ela até voltou um pouquinho no passado para falar sobre o seu primeiro clipe envolvendo o seu relacionamento.

Claro que ela se tornou uma inspiração para muitos jovens ao redor do mundo que querem entrar para a indústria, além de ser uma voz para os seus fãs que também fazem parte da comunidade LGBTQ+. Ela falou sobre a importância disso no mundo da música e o impacto que teve nos seus fãs.

“Eu acredito que qualquer que seja sua verdade, qualquer que seja experiência, para o bem das outras pessoas que estejam passando por situações parecidas ou talvez nos primeiros estágios de explorar e descobrir sua própria identidade, qualquer que seja o processo, ser capaz de ser identificável para outra pessoa é o melhor presente que você poderia dar. Isso também faz com que a dor que você está vivendo e as dificuldades que você está tenha passado, te libertam para que você tenha gratidão por elas, tipo ‘ok se eu posso me abrir o suficiente para isso, eu consigo falar sobre e essa experiência pode ajudar outra pessoa.’ Significa o mundo para mim ouvir, ver outras pessoas falando ‘estive lutando com minha sexualidade’ e eu mesma sou muito aberta para o fato de que ainda estou explorando a minha própria sexualidade, ainda estou tentando descobrir sobre minha vida e acho que essa é uma coisa que é uma jornada eterna e está tudo bem não ter todas as respostas. Se pudermos somente ser honestos e não fingir que tenho minha vida em ordem, porque realmente não tenho. Isso é realmente importante para mim.”

Fletcher falou bastante sobre o seu relacionamento que chegou ao fim após 4 anos, que será a base do seu novo EP. Pra quem não sabe, a coletânea lançada pela cantora em 2019 também foi sobre um término de namoro, mas ela contou as histórias anos depois do acontecido. Dessa vez, ela criou algo de um acontecimento recente e muito forte, então perguntamos como foi esse processo pra ela.

E óbvio que não podíamos deixar de falar sobre o Brasil, já que Fletcher sempre mostrou acompanhar tudo que acontece no país. Alguns meses atrás, ela chegou a compartilhar Stories de duas cantora que amamos, Day e Carol Biazin, e as brasileiras são muito fãs da dona de “Undrunk“. Ela contou para o Febre Teen como que descobriu as artistas e se faria um feat com elas.

Ela ainda contou que quer beber caipirinha e aprender a sambar. Amada, até a gente quer aprender a sambar! E Fletcher está tão ligada no que acontece no Brasil, que ela usa memes da Gretchen, da Cuca e passou a seguir ninguém mais, ninguém menos que Maisa.

Leticia Annes

Editora do Febre Teen Insta/Twitter: @le_annes

Não há comentários ainda

Comentários

Seu email não será publicado.