Stalker de Taylor Swift é condenado a 2 anos e meio de prisão! Vem entender

Já não é novidade que Taylor Swift sofre problemas de perseguição, invasão de propriedade, e starlkers, mas dessa vez ela conseguiu vingança!

Na última quarta-feira, 16, o stalker Eric Swarbrick, do Texas nos Estados Unidos, foi condenado a 2 anos e meio de prisão.

Eric se declarou culpado das acusações, feitas pro Taylor e sua equipe, de perseguição e mandar cartas ameaçadoras para a antiga gravadora da cantora.

As acusações seriam de 2018, quando a gravadora começou a receber as cartas ameaçadora para que ele fosse apresentado a Taylor. No total foram mais ou menos 40 cartas e e-mails, que foram aumentando as ameaças violentas e com cunho sexual.

+ Taylor Swift está planejando seu casamento com Joe Alwyn e já até pensa em ter filhos

Eric ainda viajava do Texas até Nashiville, sede da gravadora, para entregar as cartas pessoalmente, sendo preso em uma das vezes.

Depois disso, o stalker ainda ligou na gravadora expressando sua vontade de estuprar e matar Taylor e que depois disso se mataria na frente de todos da equipe.

O stalker teria assinado seu acordo no fim do último ano, porém a sentença somente saiu agora, rendendo a ele ainda mais 3 anos de liberdade provisória.

Essa não é a primeira vez que Taylor sofre ameaças, tendo situações em que teve até sua casa invadida!

Larissa Vieira

19 anos, jornalista em formação, apaixonada por música e cinema

Não há comentários ainda

Comentários

Seu email não será publicado.