Fale conosco

O que vc está procurando?

Destaque

Gossip Girl: os segredos mais escandalosos por trás dos bastidores da série icônica

Foto/Destaque Warner Bros.

Gossip Girl acabou em 2012, mas muito sobre os bastidores da série continuam sendo revelados. Para relembrar os maiores escândalos da elite escandalosa de Nova York, nós separamos os maiores segredos por trás dos bastidores da série icônica que marcou uma geração de fãs ao redor do mundo!

Blake Lively e Leighton Meester não eram amigas.

Blake Lively recusou o papel de Serena van der Woodsen.

Na época, a loira tinha desistido de ser atriz e ia fazer faculdade. Os produtores da série Josh Schwartz e Stephanie Savage, estavam decididos que ela era a garota certa para o papel – e não fizeram teste com mais ninguém durante o começo da produção.

“S. precisava ser alguém que você acreditasse que estaria sentada na primeira fila de um desfile na semana de moda”, disse Schwartz.

Ed Westwick ainda não sabe quem é a Gossip Girl porque ele não assistiu ao último episódio da série.

Penn Badgley não sabia que Dan era a Gossip Girl até o momento que eles filmaram aquela cena.

Leighton Meester fez teste para outro personagem

Leighton Meester, originalmente, fez teste para viver a Serena. Porém, logo depois, disse aos produtores que se sentiria mais confortável como Blair Waldorf. E nós agradecemos, nós não conseguimos imaginar ninguém além de Leighton no papel icônico da estilista.

Lindsay Lohan quase esteve na série e como uma das protagonistas

A ideia original, era de fazer filmes sobre os livros do ‘Gossip Girl’, mas acabou não dando certo e virando uma série de tv. Inicialmente, Lindsay Lohan era a atriz mais cotada para o papel de Blair Waldorf.

Penn Badgley e Blake Lively foram namorados na vida real

Os atores viveram um lindo romance e quando terminaram, ninguém no set e na produção ficou sabendo por muito tempo.

“Eles esconderam de todo mundo, algo que seria impossível fazer nos dias de hoje. Nem sei como eles conseguiram. Mas é a prova de como eram bons atores porque não queriam nenhum drama pessoal atrapalhando o trabalho”, afirmou Joshua Safran, produtor executivo do programa.

Penn Badgley não gostava da série

Penn Badgley tem mais coisas em comum com Dan Humphrey do que você pensa. Aliás, ele não era o único a estar insatisfeitos com a série.

“Não importaria o que a gente fizesse, eles nunca iriam ficar felizes… Eles eram ‘crianças’. Eram jovens”, explicou um dos professores.

Blake Lively e Leighton Meester são parecidas com os seus personagens na vida real

Blake Lively é uma pessoa expansiva e era a pessoa mais antenada do set. Segundo os relatos, ela sabia quais eram os restaurantes do momento, a banda que está no auge do sucesso e o filme mais legal do ano!

Já Leighton, por outro lado, era mais reservada e, após gravar as cenas dela, costumava vagar pelo estúdio e sentar nos cantos com aqueles vestidos de sonho da personagem para ler um livro.

Os fãs quase acabaram com a série

A arte imita a vida, né? Durante a gravação da 4ª temporada, um adolescente da Rússia ou Bulgária hackeou a base de dados da série e divulgou todos os roteiros na internet.

“Foi como se a Gossip Girl tivesse entrado no nosso sistema. Foi um pesadelo. Tudo era vazado, cada detalhe… Precisamos contratar um investigador privado e depois de descobrirmos a identidade do garoto que fez isso, por ser menor de idade, ele não pode ser processado”, contou o diretor da série.

Ed Westwick fez audições para outro papel

O britânico estava de olho no papel de Nate. Inclusive, os produtores no início também não queriam o ator nem no papel de Chuck porque achavam que ele “parecia mais com um assassino em série do que com um protagonista romântico”.