Fale conosco

O que vc está procurando?

Seriados

Julie and the Phantoms: em entrevista Owen Joyner fala sobre ansiedade e conta como Charlie Gillespie o salvou

Reprodução: YouTube

Se você é fã da série ‘Julie and the Phantoms‘ deve saber que Owen Joyner, intérprete do baterista Alex Mercer, já chegou a falar sobre sua ansiedade em algumas entrevistas e também sobre sua amizade com Charlie Gillespie, colega de elenco que interpreta o guitarrista Luke Patterson.

Acontece que ontem no começo da tarde, durante uma conversa no podcast ‘Sunset Drive Podcast‘ o ator e baterista chegou a falar mais a fundo sobre os dois temas, dentre vários outros discutidos, e contou como Charlie, com que dividiu apartamento durante os seus meses em que ficaram gravando a série em Vancouver, Canadá, o salvou.

Em Vancouver, durante ‘Julie and the Phantoms’, foi a minha primeira vez trabalhando por conta própria (sem estar com os pais por perto). Eu estava com Charlie, e ele não tem ideia do quanto ele me salvou. Quero dizer, a atitude dele todos os dias ao acordar, sabe, aquilo realmente me motivou. Com certeza é um dos meus melhores amigos e realmente me ajudou durante todo aquele processo. E, sabe, isso não é o tipo de coisa que atores falam em voz alta porque eles tem medo que diretores vão falar ‘aquele ali é o ator com ansiedade’, mas nunca me impediu de tentar conseguir um personagem e nunca vai me impedir de atuar.”

Os momentos em que as coisas pioram são quando eu estou dentro de uma casa sozinho, sabe? Faz um ano desde que eu li um roteiro. E de vez em quando fazer testes é o que me motiva, mas a ansiedade…eu tenho 20 anos, a ansiedade que eu tinha quando eu tinha 13 anos eu gostaria de ter agora. Quando eu tinha 13 anos eu tinha acabado de ter crises de ansiedade. Tiveram duas semanas seguidas em que eu tinha crise de ansiedade todos os dias e aos poucos desapareceu. Eu tinha problemas de separação e acordava para saber se meus pais estavam em casa. Eu tinha esses medos dos 12 aos 15 anos. E isso se transformou em TOC . “

Para quem quiser assistir ao podcast completo, o link está logo abaixo. É sempre importante lembrar que crises de ansiedade assim como pânico e TOC são assuntos importantes a serem discutidos, e não banalizados. E caso seja necessário, é importante e ajuda muito procurar ajuda!