Radialista alemão compara BTS ao COVID-19 e internet se levanta contra a xenofobia

Não é de hoje que sabemos que os ataques racistas e xenofóbicos são comumente direcionados aos idols asiáticos, e durante a pandemia essas ocasiões se tornaram cada vez mais comuns. Seja com um grupo idol famoso no mundo inteiro ou com uma pessoa andando na rua, racismo e xenofobia devem ser tratados como crimes sérios.

Um radialista da emissora Bayern3, da Alemanha, cometeu esses crimes quando comparou o grupo sul-coreano BTS ao vírus do COVID-19, dizendo que eles eram “algum vírus de merda que eu espero que a vacina esteja disponível logo”. A xenofobia, disfarçada de opinião pessoal, veio por conta do cover que o grupo fez da música ‘Fix You’, da banda inglesa Coldplay. Por gostar muito dos britânicos, o radialista não achou que o cover fez jus à música original.

O que nunca dá a ele o direito de ser preconceituoso. Confira o vídeo:

A emissora postou um comunicado dizendo que era a opinião pessoal do radialista, e foi atacada em seguida por manter uma pessoa com esse tipo de opinião em seu quadro de funcionários. Pressionada pelo público nas redes sociais, a emissora e o radialista emitiram novos comunicados pedindo desculpas.

Em resposta, a internet se juntou para subir as tags ‘RACISM IS NOT AN OPTION’ E #Bayern3Racist. Diversos fandoms do k-pop, e fora dele, estão apoiando o ARMY nas denúncias. A BigHit Entertainment, empresa que gerencia o grupo BTS, ainda não se pronunciou sobre os ataques.

Combater racismo e xenofobia deve ser uma batalha de todos, todos os dias.

Giovanna Santos

20 anos, estudante de Jornalismo e muito apaixonada pelo que faço. Amo músicas, séries e filmes <3 Instagram e Twitter: @gi_cavalcantii

Os comentários estão desativados.