5 fatos surpreendentes que estão no documentário ‘Billie Eilish: The World’s a Little Blurry’

Billie Eilish sempre manteve sua vida privada muito longe do holofotes e arranja maneiras de se esquivar quando o assunto é vida amorosa. Porem, a cantora de ‘Bad Guy‘ decidiu abrir sua caixinha de pandora e revelar para os fãs alguns assuntos super pessoais no documentário ‘Billie Eilish: The World’s a Little Blurry‘.

Muitas pessoas ficaram surpresas com algumas coisa, como por exemplo que ela teve um namorado abusivo enquanto escrevia seu primeiro álbum.

Confira abaixo algumas curiosidades que os fãs descobriram assistindo o documentário ‘Billie Eilish: The World’s a Little Blurry‘:

Billie teve um namorado enquanto fazia seu álbum de estreia

Uma das maiores surpresas do documentário é que Billie estava namorando enquanto fazia seu álbum de estreia. A cantora é conhecida por sempre manter seu status de relacionamento privado. Foi muito chocante quando ela revelou quem estava namorando no documentário e até mesmo o incluiu nele. Ela também foi muito vulnerável e aberta sobre as dificuldades que enfrentou neste relacionamento.

Billie tem uma visão clara para pensar nos conceitos de seus videoclipes

Em uma das primeiras cenas do documentário, Billie é vista dirigindo sua mãe, como se ela fosse a cantora, atuando como ela quer que o videoclipe de ‘When The Party’s Over‘ seja filmado. Ao fundo, você pode ouvir Billie explicando exatamente como ela quer que o vídeo pareça e até mesmo dizendo ao diretor para não se desviar dessa visão exata. Essa cena revelou que Billie se preocupa profundamente com seus videoclipes e que ela tem visões claras para eles.

Billie ama estar perto de seus amigos

 

View this post on Instagram

 

A post shared by BILLIE EILISH (@billieeilish)


Billie revelou que seus amigos são muito importantes para ela e que gosta de estar sempre perto deles. No documentário, os fãs são apresentados a uma de suas amigas mais próximas, Zoe Donahoe. Billie trouxe Zoe em sua turnê ‘When We All Fall Asleep‘, que a deu muito apoio emocional.

Justin Bieber queria estar no álbum de estreia de Billie

 

View this post on Instagram

 

A post shared by BILLIE EILISH (@billieeilish)


A maioria dos fãs de Billie sabe que ela é apaixonada por Justin Bieber desde que era uma garotinha. No entanto, muitos não sabiam que Justin Bieber enviou uma mensagem para Billie pouco antes de seu álbum de estreia sair, pedindo para ser incluído em uma das faixas. Os espectadores do documentário puderam ver Billie reagir em tempo real a esse pedido e entenderam como o remix de Bad Guy nasceu.

O documentário também mergulha na história da ‘febre Bieber‘ de Billie e documenta o vínculo profundo que a dupla formou conforme a carreira de Billie progredia.

Billie tem lutado com a automutilação

 

View this post on Instagram

 

A post shared by BILLIE EILISH (@billieeilish)


Uma das revelações mais tristes do TWALB, foi que Billie lutou contra a automutilação nos primeiros anos da adolescência. Billie diz que não é muito boa em cuidar de sua saúde mental e que tende a priorizar a melhoria da vida de outras pessoas em vez da própria.

Em uma das últimas cenas do documentário, Billie compartilha um diário que fala sobre uma experiência que teve com a automutilação. Este momento foi especialmente comovente e revelou a profunda dor que ela sentia com tão pouca idade.

Daniel Pacônio

Redator do Febre Teen desde 2013 Sempre Fazendo Matérias de Fã para Fã Twitter/Instagram- @danielpaconios

Os comentários estão desativados.