Fale conosco

O que vc está procurando?

Notícias

Jennette McCurdy conta o real motivo de não estar no revival de ‘iCarly’

(Mandee Johnson/Nickelodeon)

A Jennette McCurdy revelou que não fará o revival de “iCarly” por um motivo sério. 

Desde que foi anunciado que “iCarly” ganharia um revival pela Paramount+, os fãs ficaram se questionando se Jennette McCurdy (Sam Puckett) participaria já que os únicos confirmados foram Miranda Cosgrove (Carly Shay), Jerry Trainor (Spencer Shay) e Nathan Kress (Freddie Benson). O nome da personagem entrou para os Trending Topics do Twitter com fãs pedindo uma resposta sobre esse assunto, que finalmente chegou pela própria.

+ Produtor do revival de ‘iCarly’ se demite após desavenças com Miranda Cosgrove

Durante o último episódio do seu próprio podcast,Empity Inside“, Jennette McCurdy se abriu ao falar sobre sua experiência com atuação e não foi algo que se orgulhe. A atriz disse que parou de atuar há alguns anos para focar em escrever e dirigir produções as quais não precisa colocar o seu rostinho, já que nunca quis isso para a vida.

“Eu parei há alguns anos para tentar escrever e dirigir, e está sendo ótimo. Eu parei alguns anos atrás porque eu, inicialmente, não queria fazer isso. Minha mãe me colocou nisso quando eu tinha uns 6 anos, acho que 10 ou 11, e eu era o suporte financeiro da minha família. Minha mãe não tinha muito dinheiro e esse foi o jeito, e acho que realmente foi útil para me levar à um nível de sucesso.”

Assim que começou a pegar um gosto pela arte, sua mãe faleceu e foi quando tudo foi por água abaixo novamente. Jennette McCurdy conta que, enquanto estava atuando em “iCarly“, já se sentia envergonhada pelo seu papel e não sentia nenhum orgulho do que estava fazendo, o que faz com que ela não participe do revival do seriado da Nickelodeon.

“Assim que comecei a controlar meus nervos, foi quando eu tive um pouco de atração [com a atuação], mas eu parei logo que minha mãe faleceu, porque com a morte dela morreram várias ideias que ela tinha para a minha vida… Minha experiência atuando é: sou muito envergonhada dos papeis que fiz no passado. Eu ressenti a minha carreira de várias maneiras. Eu me senti tão insatisfeita com os papeis que fiz e senti que foram os mais extravagantes e embaraçosos. Eu fiz um programa que estive entre os 13 e 21 anos, e com 15 eu já estava me sentindo envergonhada. Meus amigos, aos 15 anos, não falavam ‘Ah que legal, você está em um programa da Nickelodeon’. Era embaraçoso. E eu imagino que existe uma experiência muito diferente com atuação se você tem orgulho dos seus papeis e se sente satisfeita com eles.”

Claro que gostaríamos de ver a atriz fazendo pelo menos uma pontinha, mas se for melhor para a saúde mental dela, preferimos que ela se cuide e continue fazendo o que realmente gosta.