Fale conosco

O que vc está procurando?

Filmes

Diretor de ‘Luca’, nova animação da Pixar, fala sobre a principal intenção do filme e memórias da infância

Diretor de ‘Luca’, nova animação da Pixar, fala sobre a principal intenção do filme e memórias da infância
Reprodução | © 2021 Disney/Pixar. All Rights Reserved.

Na próxima sexta-feira, 18 de junho, a mais nova animação da Pixar, “Luca“, chegará ao Disney+. Em um evento online, que contou com a presença do diretor, Enrico Casarosa, o Febre Teen teve a chance de saber um pouco sobre o processo de criação do filme, qual foi objetivo dele com a animação, entre outras coisas.

O filme conta a história de Luca e seu melhor amigo Alberto, monstros do mar que ganham aparência humana quando saem da água e secam. Os amigos marinhos têm que manter suas origens em segredo durante todo o tempo que convivem com humanos, o que deixa a história muito mais interessante e deixa o espectador com um frio na barriga em alguns momentos. Nesse tempo como humanos, Luca e Alberto viverão grandes aventuras e bons momentos engraçados. Tudo isso acontece em Portorosso, um porto italiano, no início dos anos 60.

+ 5 motivos para você assistir ‘Luca’, a nova animação da Pixar para o Disney+

Durante o evento online, Enrico Casarosa contou que a amizade entre Luca e Alberto foi inspirada em sua própria amizade com seu amigo de longa data, que também se chama Alberto. Além disso, para que todas as pessoas da equipe entrassem no clima da história, que toca muito no assunto da amizade, Enrico pediu para que eles compartilhassem suas memórias de quando eram mais jovens e de suas férias de verão. 

Outra curiosidade interessante sobre o processo de criação da animação tem referência à língua dos personagens e os gestos. Casarosa contou que fez questão em colocar algumas palavras italianas nos diálogos, para assim dar mais ênfase de onde o filme se passa, isso poderá ser encontrado em qualquer versão do filme. Portanto permitiu com que o diretor pudesse brincar mais com os sotaques e dar mais humor para o filme.

“Em muitos filmes, todo mundo tem o mesmo sotaque. Percebemos que havia algo interessante em os monstros do mar serem separados dos humanos em termos da língua. A humana Giulia, por exemplo, diz ‘Santa Mozarella’, Massimo diz aos comensais ‘Mangiamo’ e o vilão Ercole chama aos ajudantes ‘idioti’. A lógica do filme foi manter o sotaque neutro no mundo marinho e daí eles não perceberem bem a cultura dos humanos e acharem que ‘vê se tens cuidado, stupido’ é uma saudação”

Luca: é uma divertida e emocionante história sobre amizade e descobertas
Reprodução | © 2021 Disney/Pixar. All Rights Reserved.

O outro ponto, como falamos acima, foi a questão dos gestos. O diretor fez questão em adicionar alguns gestos específicos italianos em “Luca“, e para isso juntou a equipe para que pudessem lembrar de alguns que deixassem o filme ainda mais enraizado. 

Por fim,  Enrico compartilhou que uma das ideias do filme é a de que ele seja acessível para as crianças, mas que também acesse e desperte a criança que existe dentro dos adultos.

“A minha esperança é que seja mais acessível às crianças, mas que toque as crianças que existem dentro dos adultos. Fale um pouco do lado mais nostálgico dos adultos e espero que se apaixonem pelo lado brincalhão, pela nostalgia destas amizades. Para os adultos é um olhar para o passado com amor, nostalgia e vontade de se divertirem”.

Luca” faz parte da celebração de 35 anos da Pixar, sendo seu 24 filme a ser lançado, e nada melhor do que comemorar esse aniversário com uma animação que fala sobre a amizade e que vai aquecer o coração de qualquer um que assistir.