Fale conosco

O que vc está procurando?

Música

Mariah Nala conta próximos passos na carreira e suas maiores inspirações

Mariah Nala conta próximos passos na carreira e suas maiores inspirações
Reprodução/Divulgação

Com as redes sociais sendo a principal fonte de entretenimento mundial, artistas novos surgem todos os dias em aplicativos como Instagram, YouTube e Twitter. E com Mariah Nala tudo aconteceu rápido demais! Aos quinze anos, a cantora já chamou a atenção de incríveis artistas como IZA e o comediante Paulo Gustavo.

Com quatro anos de idade a família já notava os traços de estrela que a menina tinha, com oito começou a cantar na Igreja e o primeiro cover no Facebook veio aos 12 anos. Menina nova, escolheu a fantástica ‘When I Was Your Man’, do maravilhoso Bruno Mars, para ser sua carta de apresentação para a sociedade. Seu repertório se mostrou extremamente variado quando Beyoncé, Alicia Keys, Meghan Trainor e muitos outros nomes serviram como trilha sonora de seus covers, que, mesmo Mariah sendo tão nova, já estavam correndo o Brasil.

“Eu descobri que queria ser cantora com 12 anos. Eu sempre gostei muito de cantar por hobby, mas eu nunca imaginei que seria um sonho. Eu sempre tive um sonho de ser modelo, só que eu comecei com o sonho de ser cantora quando eu postei os meus covers e eu tive o apoio da galera e também aqui em casa eu sempre tive o apoio de todo mundo que me ajudou a produzir os covers. Então foi aí, a partir desse impulso que tive da minha família que eu comecei a cantar e ter esse sonho de começar com a carreira.”

Desde sempre, Mariah teve o apoio de sua mãe para seguir carreira na música. Até mesmo com os covers que postava no Instagram. A escolha de música era sempre muito bem pensada, levando em consideração o estilo, a língua e o artista.

“Quando eu comecei a postar sério nas redes sociais, no Instagram, por exemplo, eu tive ajuda de empresários e até mesmo da minha mãe. A gente resolveu escolher cada dia um estilo diferente, a gente escolhia músicas internacionais e nacionais, então sempre foi assim. E também dependendo do momento, momento importante, como o natal, a gente escolhia uma música nessa pegada, que a letra falava sobre isso. Sempre teve essa estratégia assim.”

Paulo Gustavo foi um dos que deram um reconhecimento incrível para a Mariah, e ela foi a voz que embalou a missa de sétimo dia do ator, aos pés do Cristo Redentor. Apesar de não ter tido uma relação tão próxima com Paulo, ela recebeu conselhos e os guarda do lado do coração.

“Eu tive muito esse apoio dele e aí ele me aconselhou bastante, inclusive eu acho que a partir desse momento que ele me apresentou a mãe dele, me conheceu, foi aí que surgiu esse convite para a missa. Foi tudo muito surreal para mim, eu me senti assim: é uma oportunidade de representar todo o meu carinho de forma de agradecimento. Eu não queria que fosse dessa forma, eu não queria cantar num momento tão triste, mas de qualquer forma ele sempre me abraçou muito e aí surgiu o convite da mãe dele e do Thales. Inclusive eu cantei a música que ele tinha pedido pra eu cantar. Então foi assim surreal e muito… Sabe é até difícil de falar, foi uma coisa tão assim… Eu nem imaginava que aconteceria assim na minha vida e aconteceu e de qualquer forma ele me ajudou e continua me abraçando.”

Mariah está sendo posta como a próxima voz que tomará conta do cenário Pop/R&B no Brasil e sente que é uma honra ser colocada nesse patamar. Admiradora de artistas como Usher, Alicia Keys e Beyoncé, ela pretende levar esse estilo pro céu e avante!

“É uma honra muito grande representar um estilo que eu cresci ouvindo, porque é muito bom você ver que de alguma forma eles te inspiraram e hoje você tá aqui num patamar tão alto. Então é uma honra. Não é um peso nenhum, é assim, como eu posso dizer, é tipo uma responsabilidade muito grande. Mas é uma honra, eu amo de paixão e me sinto muito honrada por representar assim o estilo que eu mais amo.” disse ela “Eu acho que o que mais toca no meu coração, o que mais representou, o que mais foi importante pra mim na carreira, até mesmo na vida pessoal foi o Usher, porque a gente sempre ouviu aqui em casa. Ele sempre fez muita diferença pra mim, meu pai ouvia bastante antes de falecer, então eu acho que é uma lembrança que eu tenho do meu pai desse cantor e é ele que representa muito.”

De contrato assinado com a Sony Music, Mariah lançou sua primeira música de trabalho em 2021. ‘Sem Tempo’ já chegou sendo aclamada com a estreia diretamente no palco do MTV Miaw 2021. Sobre ela, a cantora disse que a música fez uma incrível diferença para ela.

“O processo de criação foi incrível, o processo de criação principalmente do clipe, que foi a parte que eu participei 100%. Ela fala muito sobre o tempo, fala muito sobre a correria da vida, então eu queria muito representar o tempo de diversas formas assim como o diretor propôs. E foi dessa forma que a gente resolveu e eu amei o resultado.”

Com a segunda música, ‘Carma’, Mariah dá o ponta-pé inicial em sua carreira de compositora. Ao lado de Pablo Bispo e Ruxell, a cantora deu suas letras para compor um hino empoderado e com um ritmo mais que envolvente.

Foi a primeira vez que eu participei assim, eu nunca compus uma música. Eu sempre tentei escrever em casa, mas sempre foi muito difícil pra mim, nunca saiu uma música de verdade. Então foi diferente esse processo de criação, eu aprendi muito com o Pablo Bispo e eu gostei muito de participar dessa música que representa tanto, fala muito sobre o meu passado. Então eu quis muito falar sobre isso e eu consegui, finalmente eu consegui participar da composição.

Já sabemos que, com certeza, veremos muito de Mariah Nala nos próximos anos da música brasileira e mal vemos a hora! Estaremos de pé aplaudindo cada conquista dessa cantora incrível.