Fale conosco

O que vc está procurando?

Seriados

Crítica: Segunda temporada de ‘Euphoria’ chega fechando algumas pontas soltas, mas…

(Reprodução/Divulgação)

Depois de três anos de espera, a segunda (e muito aguardada!!!!) temporada de ‘Euphoria‘ finalmente vai ser lançada simultaneamente no Brasil e nos EUA hoje (09), sendo às 23h da noite na TV e no HBO Max.

+ Euphoria: Zendaya passa por momentos devastadores em novo trailer da 2ª temporada; assista

+ Euphoria: Zendaya fala sobre sua relação com Hunter Schafer fora das telas

A convite da HBO, eu já assisti a temporada completa da série, mas hoje vim contar um pouco para vocês do que achei do primeiro episódio e de todo esse novo enredo que Sam Levinson apresenta pra gente. Lembrando que tudo aqui escrito é baseado em minha opinião pessoal, e que está tudo bem se você discordar de mim quando assistir o episódio mais tarde.

Bom, iniciando essa crítica sem spoilers, o episódio começa nos mostrando o passado de um dos personagens secundários, o que de fato eu gostei muito e torcia para que isso acontecesse, no entanto, acho que perderam um pouco a mão na duração do flashback. Ficamos uns quinze minutos assistindo algo que facilmente poderia ter sido reduzido, o que não torna o início da série ruim, mas um pouco tedioso em certo ponto.

Quando Rue finalmente aparece, vemos que a recaída que ela teve em seu episódio especial se estende até hoje e o lado bom disso tudo é que é essa recaída que acaba introduzindo pra gente os novos personagens da história, que acabam se conectando com todo o resto do elenco graças à festa de ano novo que temos no primeiro episódio.

A festa de ano novo, inclusive, é o ponto alto de todo esse primeiro episódio, que pra mim se manteve morno mas cumpriu bem a missão de fechar algumas pontas soltas da primeira temporada. E não posso deixar de dizer que, tirando a atuação impecável de Zendaya, o grande destaque acabou sendo de Alexa Demie e Sydney Sweeney, que trouxeram um novo enredo pra amizade de Maddy e Cassie.

E eu sei que todo mundo está se perguntando sobre Rue e Jules e o que eu posso dizer sem dar muito spoiler é que nesse primeiro episódio demora um pouco mas vem aí. A química entre Zendaya e Hunter Schafer está ainda melhor nessa nova temporada e todas as cenas delas juntas são uma delícia de se assistir.

Sobre Nate: é impossível falar do personagem sem dar spoilers, mas esqueçam todas as teorias que criaram em cima dele porque tudo que acontece em torno do Nate nesse primeiro episódio foi de fato uma grande surpresa para mim. Tá, nem tão surpresa assim porque ele continua com a mesma personalidade de macho escroto que sempre teve, mas digamos que algumas coisas sejam… inesperadas?

No fundo, eu acho que esse primeiro episódio da segunda temporada de ‘Euphoria’ serve mais como um acalanto pros nossos corações matarem um pouco da saudade que estávamos dos personagens, introduzir o elenco novo e ditar o rumo do que vem por aí. Não é nenhum episódio exuberante que você vai assistir e surtar ou chorar ou se emocionar, mas talvez você morra de tédio em alguns momentos em que nada acontece durante as mais de 1h de duração que ele tem.

Por eu também já ter assistido o segundo episódio, diria que o primeiro junto com ele funcionariam muito bem se fossem um episódio duplo, já que a série de fato começa com o desenvolver do episódio 2×02, mas isso a gente deixa pra crítica da semana que vem.

Vale lembrar que a segunda temporada de ‘Euphoria’ estreia hoje às 23h pelo horário de Brasília na TV e no serviço de stream HBO Max.