Fale conosco

O que vc está procurando?

Notícias

Olivia Rodrigo celebra um ano de ‘drivers license’; conheça os detalhes do sucesso

Olivia Rodrigo / Divulgação

Olivia Rodrigo já marcou a história da música pop com seu álbum de estreia, o ‘Sour’. A morena comemora um ano de ‘drivers license’ (assim mesmo, sem letras maiúsculas) nesse sábado (08) e 2021 definitivamente foi O ano da gata. 

Antes de tudo, precisamos destacar que Olivia tinha apenas 17 anos quando lançou o que viria a ser o mega hit ‘drivers license’, portanto ainda era adolescente. E no seu álbum todo de estreia, a cantora é muito genuína ao descrever as emoções típicas dessa fase. Não é a toa que vários teens – da geração Z – e adultos conseguem se identificar com suas composições. 

A música

Depois de quase completar um ano de ‘drivers license’, em entrevista para Zane Lowe, na Apple Music, Olivia contou que ao liberar a faixa para o mundo sabia que a música já não pertencia somente a ela. E se sentiu menos sozinha com as respostas ao seu primeiro single como artista solo. A canção inclusive teria ajudado a cantora em seu processo de cura. 

“Uma das coisas mais bonitas sobre música é que todos nós temos essas experiências assustadoras e às vezes sentimos que ‘estou passando por isso sozinha, ninguém sabe como eu me sinto’. Só de ver como as pessoas reagiram a ‘drivers license’ me fez perceber que eu não estava nada sozinha. Esses sentimentos estão em toda parte, essa grande comunidade compartilha desses sentimentos junta.”

Divulgação

A música descreve com muita nitidez o sofrimento da cantora após um rompimento amoroso. Na letra ela reflete sobre como o ex-casal estava animado para que ela tivesse logo sua licença para dirigir, porém no meio do caminho tudo mudou. Ele teria se interessado por uma “garota loira”, que sempre deixou Olivia insegura.   

Ela também conta sobre como sabia que eles eram imperfeitos juntos, mas não esperava vê-lo se sentindo tão bem após o término. Claro que você deve lembrar do suposto triângulo amoroso formado por Olivia, Joshua Basset e Sabrina Carpenter.

+ Joshua Bassett conta sua versão da história em novo EP

Apesar disso, com todo o drama midiático, Olivia também deixou claro para o mundo seu enorme talento como musicista e cantora. As metáforas criadas por meios dos sinais vermelhos e placas de ‘Pare’ em meio ao barulho do tráfego para o relacionamento fizeram de ‘drivers license’ um dos grandes sucessos de 2021 e que não deve ser esquecido tão cedo. 

O clipe

Logo no início do clipe, gravado em filme, vemos um carro em movimento durante a noite em uma estrada deserta. Em seguida somos transportados para dentro do veículo conduzido por Olivia, numa cena que lembra uma das suas inspirações musicais: Alanis Morissette no icônico clipe de ‘Ironic’.

A morena dirige uma Mercedes vintage branca durante o clipe, que também era seu carro dos sonhos. Nesse meio tempo, vemos algumas imagens de Olivia com o “ex”, aliás essas cenas foram filmadas em uma casa moderna de meados do século.

Já as projeções que vemos com parte da letra da música foram feitas por Olivia e seu melhor amigo, para simbolizar as memórias que passaram pela mente da garota enquanto ela vivia o ‘luto’ pelo término da relação com o ex-namorado. 

‘Sour’

Durante todo o álbum Olivia nos conduz pelos estágios do luto, sentimento vivenciado também ao término de uma relação importante. Na produção de 11 faixas escritas e produzidas por Olivia e seu amigo Dan Nigro várias músicas se destacam, além de ‘drivers license’: ‘brutal’, que abre o álbum, ‘traitor‘, ‘deja vu‘ e ‘good 4 u‘.

Igualmente, todas essas músicas ganharam clipes maravilhosos, que refletem muito bem a estética única da artista. Em um audio exclusivo para o Febre Teen, Olivia nos contou inclusive que adora a ponte de ‘traitor‘:

A cantora ainda foi apontada como uma das principais responsáveis por levar o pop rock feminino para o topo das paradas novamente. Willow, o retorno de Avril Lavigne, Girl In Red e a sonoridade de Billie Eilish em ‘Happier Than Ever‘ também marcaram o gênero no ano passado.

Depois de um ano de ‘drivers license’

Após um ano de ‘drivers license‘, não devemos esquecer Olivia tão cedo. A cantora está indicada nas categorias principais do Grammy 2022, incluindo Artista Revelação. Ela também vai percorrer a América do Norte com uma turnê de shows já esgotados.

Como resultado do seu talento, em 2021, Olivia foi artista internacional com o maior número de streams do Top 200 no Spotify Brasil. Ela também colocou TODAS as 11 faixas do ‘Sour‘ no Top 200 da plataforma em uma única semana, batendo um recorde – ‘drivers license‘ ficou 36 semanas na parada.